‘Bolsonaro é um sociopata’, diz representante da ABI após ataque a jornalistas

Para Laurindo Lalo Leal, da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Jair Bolsonaro expõe em rompantes o que é sua verdadeira personalidade e caráter: violência e sociopatia. “Nem no próprio Exército, onde ele poderia dar vazão a uma certa tendência de violência, nem lá ele conseguiu se manter, ele foi expulso”. Assista

Laurindo Lalo Leal e Jair Bolsonaro
Laurindo Lalo Leal e Jair Bolsonaro (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  O jornalista e diretor da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) Laurindo Lalo Leal comentou na TV 247 as duas recentes agressões de Jair Bolsonaro a jornalistas. Em uma delas, ameaçou um repórter do jornal O Globo de “porrada”. Em outra, chamou os profissionais da imprensa de “bundões”.

Para Lalo, Bolsonaro não comete tais atos violentos e ofensivos de caso pensado. O jornalista crê que o presidente apenas exponha em rompantes sua real personalidade e a essência de seu caráter, uma essência sociopata. 

“Há uma sociopatia bastante caracterizada nesse cidadão, ele é uma pessoa que tem uma dificuldade de cognição muito grande, parece que ele foi talhado, a sua formação psicológica é uma formação muito limitada do ponto de vista das relações sociais”, analisou o professor. 

“Eu não tenho certeza e convicção ao afirmar que ele faça essas coisas de caso pensado, eu acho que trata-se da exposição, da colocação para fora daquilo que é a constituição da sua personalidade, da sua formação de caráter. Ele tem uma formação social, dentro de um âmbito social, bastante limitado. Nem no próprio Exército, onde ele poderia dar vazão a uma certa tendência de violência, nem lá ele conseguiu se manter, ele foi expulso do Exército. Se houver um estudo da personalidade desse cidadão, pode aparecer uma situação bastante doentia. Não acho que seja racional, ele responde dentro da limitação dele”.

Inscreva-se na TV 247 e assista à fala de Lalo:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email