Breno Altman vai depor na condição de vítima após ser ameaçado por sionistas

'A Associação Brasileira de Imprensa demandou o Ministério da Justiça, que encaminhou o caso à Polícia Civil paulista', informou o jornalista

Breno Altman | Palestinos realizam trabalho de resgate em meio a escombros após ataque israelense em Khan Younis, no sul da Faixa de Gaza
Breno Altman | Palestinos realizam trabalho de resgate em meio a escombros após ataque israelense em Khan Younis, no sul da Faixa de Gaza (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | REUTERS/Ibraheem Abu Mustafa)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O jornalista Breno Altman vai depor a investigadores após ser ameaçado de “ter os dentes arrancados” e “os dedos cortados” por  grupos sionistas. Ele vem denunciando o genocídio na Faixa de Gaza, cometido por forças de Israel contra palestinos.

"Dia 4/12, segunda, irei depor, na condição de vítima, contra os sionistas flagrados há um mês, pela reportagem do @brasil247, me ameaçando fisicamente. A ABI (Associação Brasileira de Imprensa) demandou o Ministério da Justiça, que encaminhou o caso à Polícia Civil paulista", escreveu o jornalista.

continua após o anúncio

O jurista Marcelo Uchôa cobrou, no mês passado, a responsabilização dos responsáveis pelas ameaças a Breno Altman. "Esses caras que estão ameaçando precisam ser denunciados, porque são criminosos, estão cometendo crime e precisam ser responsabilizados penalmente", afirmou o estudioso em entrevista ao 247

Entidades como o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), e a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) defenderam a liberdade de expressão de Altman após tentativas de censura contra o jornalista. 

continua após o anúncio

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247