Deputado bolsonarista vai à PGR contra uso de linguagem neutra na comunicação oficial do governo federal

Deputado citou uma matéria da Agência Brasil em linguagem neutra

www.brasil247.com - Uso da linguagem neutra agride a língua portuguesa, diz o deputado federal José Medeiros (PL-MT)
Uso da linguagem neutra agride a língua portuguesa, diz o deputado federal José Medeiros (PL-MT) (Foto: ABR | Bruno Spada/Câmara dos Deputados)


247 - O deputado federal José Medeiros (PL-MT) acionou a Procuradoria-Geral da República (PGR) para impedir que canais oficias do governo federal utilizem a chamada 'linguagem neutra', após a polêmica causada pela Agência Brasil, que publicou uma matéria com termos sem gênero no último fim de semana. 

Segundo o parlamentar bolsonarista, o uso da letra “e” em substantivos masculinos, como fez a agência Brasil, constitui uma agressão à língua portuguesa. 

“Solicitamos medidas urgentes dos órgãos competentes para impedir o uso de linguagem dita neutra pela Agência Brasil de notícias, portal da EBC --Empresa Brasil de Comunicação que presta serviços de radiodifusão pública e gere as emissoras de rádio e televisão públicas federais--, pois ela agride a língua portuguesa abolindo os gêneros masculino e feminino, fundamental para formação da família e desenvolvimento das crianças e adolescentes em bases biológicas e não ideologizadas”, diz em trecho do documento encaminhado à PGR. (Com informações d'O Globo). 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247