Felipe Neto aciona polícia e tira a mãe do Brasil por conta de ameaças

O Youtuber Felipe Neto informou que tirou a sua mãe do Brasil por causa de ameaçadas sofridas por ele desde que distribuiu 14 mil livros com temática LGBT na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, em resposta à tentativa de censura por parte do prefeito Marcelo Crivella. "Já tirei minha mãe do Brasil e estou vivendo com o mínimo possível de exposição", disse

247 - O Youtuber Felipe Neto informou no Twitter que tirou a sua mãe do Brasil por causa de ameaçadas sofridas por ele desde que distribuiu 14 mil livros LGBTs na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, em resposta à tentativa de censura por parte do prefeito Marcelo Crivella. O Sipremo Tribunal Federal vetou a decisão dele.

Felipe Neto também também cancelou sua participação no evento Educação 360, em palestra que daria nesta na terça-feira (17), alegando exposição e "risco iminente".

"Infelizmente a notícia é real. As ameaças se intensificaram e estamos montando um documento para dar entrada na polícia. Já tirei minha mãe do Brasil e estou vivendo com o mínimo possível de exposição. Manterei vcs sempre informados", postou o Youtuber no Twitter, compartilhando uma reportagem do jornal O Globo sobre o cancelamento e as ameaças.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247