FENAJ repudia censura privada do YouTube à TV 247

Entidade destacou a importância do papel imprescindível do jornalismo e dos jornalistas no combate à desinformação

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) divulgou uma nota nesta quarta-feira (10) repudiando a censura privada do YouTube à TV 247. Nesta quarta, a plataforma  removeu 15 vídeos da TV 247 alegando suposto "discurso de ódio".

Na nota, a FENAJ destacou a importância do papel dos jornalistas no combate à desinformação. 

Leia a íntegra: 

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) vem a público denunciar e repudiar a censura privada do YouTube à TV 247. Nesta quarta-feira, 10, a plataforma de divulgação de videos removeu 15 vídeos da TV 247, alegando suposto “discurso de ódio”.

A FENAJ reafirma o papel imprescindível do jornalismo e dos jornalistas no combate à desinformação, à difusão de informações falsas e fraudulentas e à disseminação dos discursos de ódio.

Por isso, solidariza-se com a equipe da TV 247, ao mesmo tempo em que exorta o YouTube a suspender o ato de censura, habilitando novamente os vídeos para o acesso público.

Brasília, 10 de agosto de 2022.

Federação Nacional dos Jornalistas - FENAJ.

Confira aqui a lista de vídeos que o Youtube mandou retirar.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:


O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247