Latuff: comemorar execução de sequestrador com tiro de sniper é sadismo

Chargista Carlos Latuff chama de "sádico" quem celebrou a morte do sequestrador de um ônibus no Rio de Janeiro, que tinha arma de brinquedo, como fizeram Jair Bolsonaro e o governador Wilson Witzel

(Foto: Editora 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O chargista Carlos Latuff chamou de "sadismo" o ato de comemorar quem celebrou a morte do sequestrador de um ônibus no Rio de Janeiro com um tiro de sniper do BOPE.

"Uma ação com reféns onde o sequestrador se entrega e ninguém sai ferido é a melhor. Comemorar o fato de que os reféns do sequestro na ponte Rio Niterói saíram ilesos, OK. Comemorar a execução do sequestrador (que usava arma de brinquedo) com um tiro de sniper do BOPE é sadismo!", postou o ativista no Twitter.

O presidente Jair Bolsonaro e o governador Wilson Witzel comemoraram a morte do sequestrador.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email