Mulher “cristã conservadora” culpa menina de 10 anos por 4 anos de estupro

Mulher “cristã conservadora”, que tem fotos na condição de apoiadora de Jair Bolsonaro, questionou uma criança de 10 anos que foi estuprada ao longo de 4 anos. “Será que ela é tão inocente assim? Me perdoa! A maioria das mulheres de hoje estão pior que cachorras no cio”, disse Sonely Almeida

Sonely Almeida
Sonely Almeida (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma criança de 10 anos, grávida por ter sido estuprada ao longo de 4 anos consecutivos, realizaria um procedimento de aborto, que foi autorizado judicialmente. A ativista Sara Winter então decidiu divulgar o endereço do hospital e o nome da garota. Após as revelações, comentários de conservadores e extremistas chocaram a internet no domingo (16). A informação é da revista Fórum.

Além das ações em frete ao hospital que recebeu a criança, os fanáticos religiosos e apoiadores de Jair Bolsonaro pulicaram diversos comentários baixos nas redes sociais. 

Um exemplo de “cidadã de bem”, Sonely Almeida decidiu questionar a criança (vítima). “Quatro anos sendo estuprada até se engravidar e não falar nada com ninguém? Será que ela é tão inocente assim? Me perdoa! A maioria das mulheres de hoje estão pior que cachorras no cio. Na minha comunidade tem crianças de dez anos que já estão com dois filhos nos braços. Estamos vivendo num mundo cruel. Onde perderam completamente o temor de Deus. Mais uma inocente que vai pagar pelos erros dos pais. Se o pai e a mãe cuidasse dela como deveria, certamente isso não estava acontecendo com ela”, disse ela em comentário feito no Facebook.

Sonely tem diversas fotos com logomarcas do presidente Jair Bolsonaro, tanto das eleições de 2018, quanto do partido Aliança Pelo Brasil. Ela se coloca nas redes na condição de fiel apoiadora de Bolsonaro. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247