Reinaldo provoca Fachin: deve emitir uma nota a favor da suspeição de Moro daqui a dez anos

Reinaldo Azevedo já havia provocado o ministro Edson Fachin, do STF, ao afirmar que sua reação a tuíte ameaçador do general Villas Bôas, intimidando a Corte pela prisão de Lula, ocorreu “com três anos de atraso”

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Reinaldo Azevedo, nas redes sociais, nesta terça-feira, 16, provocou o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmando que ele deve emitir uma nota a favor da suspeição do ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro “daqui a dez anos”.

Fachin é do bloco lavajatista do STF, que está buscando reagir contra as recentes derrotas da Lava Jato na Justiça. Na semana passada, o ministro do STF falou que a operação “não só não acabou como mal começou”. Segundo conversas vazadas dos membros da Lava Jato de Curitiba, ele mantinha relações com o grupo.

Após encontro com o ministro, o coordenador da força-tarefa, procurador Deltan Dallagnol, enviou mensagem para os outros integrantes afirmando: “Caros, conversei 45 m com o Fachin. Aha uhu o Fachin é nosso."

Na segunda-feira, 15, Reinaldo Azevedo já havia provocado o ministro do STF ao afirmar que sua reação a tuíte ameaçador do general Villas Bôas, intimidando a Corte pela prisão de Lula, ocorreu “com três anos de atraso”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email