Após tentar golpe, Trump promete transição ordenada nos Estados Unidos

“Embora eu discorde totalmente do resultado da eleição e os fatos me confirmem, haverá uma transição ordenada em 20 de janeiro”, disse Trump em um comunicado postado no Twitter pelo porta-voz da Casa Branca Dan Scavino. Trump está bloqueado na rede social

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

WASHINGTON (Reuters) com 247  - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recuou de sua posição golpista e afirmou na madrugada desta quiinta-feira (7) -6h49 hora de Brasília, 4h49 hora de Washington- que haverá uma "transição ordenada" quando Joe Biden tomar posse como presidente em 20 de janeiro. O tweet foi postado uma hora depois de o Congresso certificar a vitória democrata na eleição de 3 de novembro.

Apesar disso, Trump continuou a insistir na tese da "fraude", que foi a base de seu projeto golpista. No tweet, escreveu, antes de reconhecer a derrota: “Embora eu discorde totalmente do resultado da eleição e os fatos me confirmem".

Trump usou o perfil , do porta-voz da Casa Branca Dan Scavino, para o comunicado, uma vez que está bloqueado por 12 horas na rede social desde a noite desta quarta-feira.

Escreveu Trump: "Embora eu discorde totalmente do resultado da eleição e os fatos me confirmem, haverá uma transição ordenada em 20 de janeiro”.

Leia o post original:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email