CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Jamaica reconhece oficialmente a independência do Estado palestino

Até abril de 2024, 140 dos 193 estados membros da ONU reconheceram o Estado da Palestina

Andrew Holness (Foto: REUTERS/David 'Dee' Delgado/File Photo)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

(Sputnik) - O governo da Jamaica reconheceu oficialmente o Estado da Palestina, disse o primeiro-ministro jamaicano Andrew Holness, nesta quarta-feira (24).

"O Governo da Jamaica tomou oficialmente a decisão de reconhecer o Estado da Palestina", declarou Holness no X.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O gabinete da Jamaica deliberou a decisão na segunda-feira, informou o ministério das relações exteriores em um comunicado.

"A Jamaica continua a advogar por uma solução de dois Estados como a única opção viável para resolver o conflito de longa data, garantir a segurança de Israel e defender a dignidade e os direitos dos palestinos. Ao reconhecer o Estado da Palestina, a Jamaica fortalece sua defesa por uma solução pacífica", disse a Ministra das Relações Exteriores, Kamina Johnson Smith, em um comunicado divulgado por seu ministério.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A nação insular do Caribe continua a apoiar todos os esforços de desescalada e o estabelecimento de uma paz duradoura no Oriente Médio e insta todas as partes envolvidas a considerar as "graves consequências de mais conflitos e se comprometer com soluções diplomáticas que garantam a segurança e soberania de todos", acrescentou o comunicado.

Até abril de 2024, 140 dos 193 Estados membros da ONU reconheceram o Estado da Palestina. A Palestina foi concedida o status de Estado observador não-membro por uma resolução da Assembleia Geral da ONU em 2012.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Os palestinos buscam reconhecimento diplomático de seu Estado independente nos territórios da Cisjordânia, incluindo Jerusalém Oriental, que é parcialmente ocupada por Israel, e na Faixa de Gaza. O governo israelense se recusa a reconhecer a Palestina como uma entidade política e diplomática independente e constrói assentamentos nas áreas ocupadas apesar das objeções das Nações Unidas.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO