Kamala Harris: “As mulheres negras são a espinha dorsal da nossa democracia”

Vice-presidente eleita fez seu primeiro discurso após a vitória com destaque para a importância das mulheres negras na sociedade e especialmente sobre o voto. “Eu sou a primeira mulher, mas não serei a última”, apostou

Kamala Harris
Kamala Harris (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A vice-presidente eleita dos Estados Unidos, Kamala Harris, se direcionou às mulheres negras em parte de seu primeiro discurso no cargo. “Embora eu seja a primeira mulher nesse posto, não serei a última, porque cada garotinha que me vê hoje, vê que esse é um país de possibilidades”, afirmou, antes do primeiro discurso de Joe Biden.

O pai de Kamala Harris é jamaicano e a mãe, indiana, e foi citada em seu discurso para introduzir uma fala para as mulheres negras: “Ela chegou da Índia aos 19 anos, e não poderia acreditar nesse momento, mas acreditava em um país em que um momento assim fosse possível. Estou pensando nela e nas gerações de mulheres negras, asiáticas, brancas, latinas e indígenas que, ao longo da História de nossa nação, pavimentaram o caminho para o nosso país nessa noite”.

Kamala disse ainda que “as mulheres negras são a espinha dorsal da nossa democracia” e fez um agradecimento às gerações anteriores que permitiram sua chegada até aqui: “Mulheres que lutaram e que se sacrificaram por igualdade, por liberdade e por justiça para todos. Inclusive as mulheres negras que muitas vezes são esquecidas, mas que são a base de nossa democracia. Todas as mulheres que trabalharam para poder votar e mudar a lei do voto. E agora, com essa geração de mulheres que depositou seu voto e continuou a lutar pelo direito de votar e serem ouvidas”.

Em um dos momentos, destacou a importância da representatividade: “Para as crianças do nosso país, não importa seu gênero, nosso país deu a vocês uma mensagem clara sonhem com ambição, liderem com convicção. E vejam vocês de uma maneira que outras pessoas não conseguem ver. Vamos aplaudir vocês em cada momento dessa trajetória”.

“Nossa democracia estava em jogo nessa eleição”, afirmou ainda Kamala, acrescentando que os eleitores “escolheram a ciência e a verdade” nesta disputa.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247