CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Milhares são evacuados enquanto Rússia avança na região de Kharkiv, na Ucrânia

Tropas russas lançaram a operação contra a região de Kharkiv na última sexta-feira

Tropas russas entrando em Melitopol (Foto: Sputnik)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

PressTV - Milhares de ucranianos foram evacuados de uma cidade de fronteira enquanto as forças russas avançam na região de Kharkiv.

Neste domingo (12), a Rússia afirmou que havia capturado mais quatro vilas na região de Kharkiv.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O ministério da defesa russo disse que suas tropas "avançaram profundamente nas defesas inimigas", um dia após anunciar a captura de cinco vilas na região de Kharkiv.

O governador regional de Kharkiv, Oleh Synehubov, disse que as forças russas estavam "intensificando o bombardeio de Vovchansk."

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ele acrescentou que cerca de 6.000 residentes foram evacuados da área nos últimos dias.

Volodymyr Tymoshko, chefe de polícia de Kharkiv, disse que a cidade de fronteira estava sendo atacada por três lados e as forças russas estavam nos arredores.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

As tropas russas lançaram a operação contra a região de Kharkiv na última sexta-feira.

Em seu pronunciamento noturno no domingo, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, descreveu a situação ao redor de Vovchansk como "extremamente difícil."

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Batalhas defensivas e lutas acirradas continuam em grande parte de nossa fronteira", disse Zelensky.

"Há vilas que efetivamente passaram de uma 'zona cinza' para uma zona de combate, e o ocupante está tentando se firmar em algumas delas, ou simplesmente usá-las para avançar ainda mais", afirmou ele.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Uma "zona cinza" é uma área não totalmente controlada por nenhum dos lados.

Do outro lado da fronteira, na cidade russa de Belgorod, os serviços de emergência disseram que 19 pessoas foram mortas quando um edifício residencial foi atingido por um míssil disparado pela Ucrânia e abatido pela Rússia.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A Ucrânia tem atacado fatalmente Belgorod nos últimos meses.

A Ucrânia atribui atrasos na ajuda ocidental e a falta de pessoal pelas perdas que enfrenta no campo de batalha.

A Rússia lançou a "operação militar especial" na Ucrânia em 24 de fevereiro de 2022. Os países ocidentais responderam apoiando a Ucrânia com dinheiro e armamento pesado, enquanto impunham sanções sem precedentes a funcionários e entidades russas.

Moscou tem repetidamente advertido que tal fluxo de armas para Kiev apenas prolongará o conflito.

Desde o início da guerra na Ucrânia, os EUA, sozinhos, comprometeram-se com mais de 44 bilhões de dólares em ajuda de segurança para a Ucrânia.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO