Steve Bannon é libertado após pagar fiança de US$ 5 milhões

Conselheiro de Donald Trump, Steve Bannon afirmou à justiça americana que é inocente das acusações de fraude e lavagem de dinheiro

Steve Bannon é cercado por fotógrafos ao deixar Corte Federal de Manhattan, em NY, solto depois de pagar fiança, na quinta-feira (20).
Steve Bannon é cercado por fotógrafos ao deixar Corte Federal de Manhattan, em NY, solto depois de pagar fiança, na quinta-feira (20). (Foto: Reuters/Andrew Kelly)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Preso na manhã desta quinta-feira (20) sob acusações de fraude e lavagem de dinheiro, Steve Bannon foi libertado após pagar uma fiança de US$ 5 milhões. Ele disse à justiça americana ser inocente das acusações. Ele está impedido pela Justiça de fazer viagens internacionais.

Bannon é ex-assessor formal do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e foi o principal articulador da campanha presidencial dos EUA de 2006. Trump se manifestou hoje sobre a prisão. Bannon também o grande ideólogo do movimento mundial da extrema direita, através do grupo “O Movimento”, que reúne líderes extremistas no mundo inteiro. Eduardo Bolsonaro era seu principal contato na América Latina.

Ele foi acusado de fraude contra centenas de milhares de doadores por meio de sua campanha para construção do muro na fronteira com o México. Bannon, junto com três de seus associados, foram indiciados por investigadores do Distrito Sul de Nova York. 

De acordo com o Departamento de Justiça dos EUA, o grupo de líderes conservadores é acusado de fraude contra doadores de campanha, o que levou à arrecadação de “mais de US$ 25 milhões [cerca de R$ 142 milhões] para construir um muro ao longo da fronteira sul dos Estados Unidos”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247