CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Veja as diferenças entre os efetivos militares do Irã e de Israel

O regime iraniano tem o segundo maior contingente militar do Oriente Médio. As forças israelenses ficam na oitava posição

Drones lançados pelo Irã chegando a Israel (Foto: Reprodução (Redes Sociais))
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O Instituto Internacional de Estudos Estratégicos (IISS, na sigla em inglês) informou, em levantamento, que o Irã tem 650 mil sem seu contingente militar. As forças armadas iranianas são responsáveis por 190 mil combatentes. Trata-se do segundo maior contingente do Oriente Médio, atrás do Egito (835 mil). Em terceiro lugar ficou a Turquia (512 mil), seguida por Iraque (459 mil), Arábia Saudita (281,5 mil), Síria (269 mil) e Israel (177,5 mil). Os dados são referentes à última atualização da pesquisa, em fevereiro de 2023, e foram divulgados neste sábado (13) no portal G1.

Israel tem 177,5 mil militares, entre Exército, Marinha, Aeronáutica e outras forças. A estatísticas não consideraram os reservistas, convocados quando há conflito. O diferencial das forças israelense é a posse de bombas nucleares. De acordo com a Federação dos Cientistas Americanos (FAS), Israel é o único país da região do Oriente Médio que tem armamento nuclear.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O Irã tem enriquecido urânio a um nível próximo do que é preciso para a criação de uma bomba nuclear, apontou um relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) obtido em 2023 pela Agência France-Presse. 

Cinco países têm o direito de ter armas nucleares, conforme o Tratado de Não-Proliferação Nuclear, de 1970: Estados Unidos, Rússia, Reino Unido, França e China. Eles são membros permanentes do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). Mas, de acordo com a FAS, outros quatro países têm armas nucleares - Coreia do Norte, Israel, Índia e Paquistão. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO