Educação financeira - O que é e como aplicar na vida

Problemas como depressão, insônia e ansiedade estão entre os males que afligem o cidadão moderno. Uma das portas de entrada para esses transtornos são elas, as famosas dívidas. 

Sendo assim, para dificultar que a insônia, o estresse e outros inconvenientes atrapalhem a sua vida - e também a vida das pessoas ao seu redor - é importante conhecer os métodos básicos da educação financeira e aplicá-los no seu dia a dia. 

A educação financeira implica em uma série de ações básicas que permitem ordenar e conduzir melhor os seus gastos e lucros diários. Não importa a profissão, a idade ou o quanto você ganha, o fato é que a educação financeira é de grande ajuda.

A educação financeira deve fazer parte do seu cotidiano

Os conceitos básicos da educação financeira consistem em atitudes como manter o equilíbrio das suas contas. Em outras palavras, economizar é um dos mandamentos mais importantes dela.

Quitar dívidas antes de efetuar mais compras também faz parte da cartilha da boa educação financeira.

Falando assim até parece fácil aplicar no dia a dia essa tal de educação financeira, mas a gente sabe que nem sempre é possível ordenar os gastos diários como desejamos. 

Um conserto no carro ali, uma despesa com saúde aqui e, quando percebemos, a intenção de planejar as economias vai por água abaixo. Por isso, para aplicar a educação financeira na sua vida, confira as dicas e os principais métodos a seguir. 

Tenha uma reserva de emergência

Ao guardar uma determinada quantia, mesmo que ínfima, você estará preparado para qualquer tipo de empecilho capaz de atrapalhar o seu planejamento. 

A reserva de emergência funciona como um plano B. O ideal é utilizá-lo apenas mesmo em situações importantes.

Aproveite os recursos tecnológicos

Você já sabe o quanto poupar é importante, então agora é hora de colocar em prática a educação financeira separando as despesas importantes e o que é despesa supérflua. Além disso, tenha sempre anotado o que deve ser pago e o que já foi pago no final do mês.

Para fazer todos esses planejamentos, aproveite as facilidades tecnológicas que a vida moderna proporciona. Pois é, estamos falando dos aplicativos destinados especialmente para ajudar você a administrar as suas finanças.

Um deles é o Organizze, uma ferramenta intuitiva e gratuita. Entre as funcionalidades que ele apresenta estão os relatórios do que já foi pago, bem como a elaboração de hierarquias, permitindo que você possa ordenar quais são as suas prioridades.

Outro app bastante útil, nesse contexto, é o Mobills, que é disponível para Android e iPhones. Ele permite que você estabeleça metas e acompanhe mensalmente a evolução dos lucros e gastos.

Faça os seus projetos

Ao contar com o auxílio de um bom aplicativo de administração de contas, você pode aprimorar as técnicas de educação financeira investindo em um projeto lucrativo. 

Entretanto, não há a necessidade de ser um investimento gigantesco. Pode ser um projeto online envolvendo a criação de um blog ou um canal de vídeos.

A criação de conteúdo para a web é uma maneira interessante de ganhar dinheiro falando a respeito de algum assunto que você domina e gosta. Ou, caso prefira, o seu projeto online pode ser uma loja virtual, um espaço para você vender algum produto ou serviço.

Lembre-se, contudo, que quando a gente fala em investimento em algum projeto web não dá para esquecer de detalhes fundamentais. Um exemplo disso é obter um domínio e hospedagem de sites.

Com esses serviços importantes o seu projeto online irá adquirir um perfil mais profissional e com credibilidade.

Quitar as dívidas

Com todas as despesas e lucros devidamente em ordem com um aplicativo, com todos os planejamentos em dia, se torna mais fácil começar a sanar as suas principais pendências financeiras.

Nesse caso, é importante também evitar acumular dívidas. Não esqueça que saber fechar a carteira quando necessário faz parte da Educação Financeira. 

Atualize-se sempre 

Na atual era da informação, vale investir um pouco do seu tempo em dicas de como organizar as suas finanças no dia a dia. Hoje em dia existem blogs, vídeos que trazem dicas interessantes e também podcasts a respeito desse tema.

Lembra quando mencionamos mais acima sobre investir na criação de conteúdo na web? Pois então, imagine que, com o passar do tempo, você mesmo terá condições e autoridade para elaborar e disponibilizar tais informações. 

Ter educação financeira é difícil, mas não impossível

Não é fácil aplicar os aspectos fundamentais da Educação Financeira no dia a dia, ainda mais quando há algum gasto urgente e inesperado. Além disso, ela exige planejamentos e muitas vezes demandam decisões difíceis. 

Para muita gente ter que deixar de comprar o lançamento do momento em tecnologia ou a roupa perfeita na vitrine exige esforço.

Portanto, em situações como essa, pense no seu futuro e nas suas metas. Educação financeira também é responsabilidade. 

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247