Formigueiro humano. Vídeo mostra a difusão da nossa espécie sobre a Terra

Das primeiras migrações para fora da África ao Império Mongol, da peste bubônica à Revolução Industrial: o crescimento e a expansão da população mundial em uma síntese perfeita mostrada neste vídeo produzido pelo Museu de História Natural norte-americano.

Das primeiras migrações para fora da África ao Império Mongol, da peste bubônica à Revolução Industrial: o crescimento e a expansão da população mundial em uma síntese perfeita mostrada neste vídeo produzido pelo Museu de História Natural norte-americano.
Das primeiras migrações para fora da África ao Império Mongol, da peste bubônica à Revolução Industrial: o crescimento e a expansão da população mundial em uma síntese perfeita mostrada neste vídeo produzido pelo Museu de História Natural norte-americano. (Foto: Luis Pellegrini)

  

 

Por: Luis Pellegrini. Vídeo: Natural History Museum (EUA)

Fonte: www.luispellegrini.com.br


Desde o surgimento do Homo sapiens, na África, 200 mil anos foram necessários para que a população humana alcançasse 1 bilhão de indivíduos - e apenas 200 anos mais para que chegássemos a 7 bilhões! Mas o crescimento demográfico começou a diminuir em todo o mundo, na medida em que as mulheres têm menos filhos em média. Até onde iremos chegar em termos de população? E como poderemos minimizar o nosso impacto sobre os recursos da Terra, já que se prevê que, até 2050, chegaremos à cifra de 11 bilhões?

 

O homo sapiens

O Homo sapiens

 

Em certos momentos históricos é preciso ressaltar a perspectiva das coisas: este vídeo do Museu de História Natural norte-americano consegue fazer isso de modo muito eficaz, contando a expansão e as migrações do homem em apenas 5 minutos (mais uma breve previsão para o futuro). A animação mostra as migrações dos sapiens fora da África, em direção às áreas mais remotas do planeta, que aconteceu no giro de algumas centenas de milhares de anos. O vídeo indica, na parte superior, uma “conta” da população mundial. O vídeo é em inglês, porém os dados que apresenta são facilmente compreensíveis até mesmo para quem não tem um domínio perfeito do idioma.

 

Vídeo: A população humana através dos tempos (American Museum of Natural History, EUA)

 

No ano 1 depois de Cristo, éramos ainda apenas 170 milhões de pessoas sobre a face do planeta. Precisamos de quase 2 mil anos para nos tornarmos um bilhão – uma fronteira que atingimos ao redor do ano 1800, graças à Revolução Industrial e o surgimento da medicina moderna. Para nos expandirmos até os 7 bilhões, bastaram 200 anos.

No vídeo podemos observar que o nascimento da agricultura, há cerca de 10 mil anos, corresponde a um primeiro soerguimento da população mundial, que começa a ser contada em milhões de almas.

 

A expansão do homo sapiens na face da Terra

A expansão do Homo sapiens na face da Terra


À expansão sanguinária do Império Mongol, no século 13 da nossa Era, segue-se o advento da peste bubônica, fatal para 20 milhões de pessoas apenas na Europa (um terço da população europeia pereceu ao redor do ano 1300). Essa combinação de fatores coincide com uma rara fase de declínio da população mundial.

No vídeo, a partir do 4:10 minuto, com a Revolução Industrial assistimos a uma explosão demográfica que, a partir de 1800, atinge o seu ápice em 2015: em apenas pouco mais de dois séculos passamos de um bilhão a 7 bilhões! Em pouquíssimo tempo, deixamos sobre o planeta a marca indelével de destruições de todos os tipos. Eis porquê é fundamental adotar estilos de vida que mantenham as condições de habitabilidade da Terra no futuro.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247