Normandia revive o Dia D: Memória da guerra ainda está presente

Quem é apaixonado por história tem um bom motivo para viajar até a Normandia. Situado às margens do Canal da Mancha, ao Norte da França, o país foi palco de uma das maiores batalhas da história: o Dia D, como também ficou sendo conhecido o confronto mundial ocorrido há exatos 70 anos, quase no fim da Segunda Guerra Mundial (1937 a 1945).

Bayeux, Normandia
Bayeux, Normandia (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

 

Comemorações do 70o aniversário do Desembarque dos Aliados na Normandia

 

Por: Fabiola Musarra (*)

A Operação Overlord, como é o outro codinome do Dia D, aconteceu no dia 6 de junho de 1944, data em que mais de 150 mil soldados de países aliados desembarcaram nas praias da Normandia com o intuito de libertar a França e demais territórios da Europa Ocidental da ocupação nazista. 

O confronto mundial envolveu quase três milhões de soldados e só terminou no dia 21 de agosto, depois de 77 dias de combates, com a retomada do Penhasco Gap pelas tropas dos países aliados. Nas praias do litoral francês, os aliados estabeleceram uma sólida base, o que permitiu a entrada de mais tropas para continuar a retomada dos países ocupados pela Alemanha.

 

O Memorial de Caen, na Normandia, para a memoria da Segunda Grande Guerra

 

Para “reviver” esse período histórico e transmitir às novas gerações a memória dos trágicos episódios ocorridos há 70 anos, a Normandia preparou uma extensa programação. As iniciativas incluem visitas às praias históricas de pouso dos aliados, às ruínas da Muralha do Atlântico (a linha de defesa das tropas nazistas, que se estendia desde a fronteira franco-espanhola até a Noruega) e ao Memorial de Caen.

 

Desembarque dos aliados na Normandia, Dia D (foto original)

 

A programação compreende ainda exposições em museus locais e exibição de filmes sobre a Batalha da Normandia, além de lançamentos de aplicativos que revivem os violentos dias das batalhas. Detalhes sobre a programação:  www.the70th-normandy.com/evenements/evenements-labelises.

 

Honfleur, festa de cores e luzes

 

 

Arte e gastronomia – Museu a céu aberto da história, a Normandia é um lugar que merece ser visitado não só por ter sido palco do Dia D, mas também pela sua ostensiva beleza e excelente gastronomia – os franceses são extremamente exigentes quando o assunto é culinária.

Se você também é amante de pratos elaborados com muito sabor e capricho, o que acha de aperfeiçoar seus conhecimentos a bordo do cruzeiro fluvial “Paris e Praias do Desembarque na Normandia”, da Avalon Waterways, com saídas promocionais em março e abril de 2015.

 

 

Detentora do título de “região da alta cozinha francesa” e berço dos queijos camembert, brie, roquefort, pont-l’évêque, livarot e do cremoso neufchâtel, cujo início de produção data do século 11, a Normandia abriga inúmeras preciosidades gastronômicas, como as alcachofras e o calvados, uma bebida destilada produzida a partir da sidra, além dos crepes e frutos do mar – a região é a maior produtora de ostras da França.

A bordo do cruzeiro, um chef vai te conduzir pelo sedutor mundo da gastronomia normanda, ensinando as peculiaridades, as especiarias e o preparo de imbatíveis receitas da região. A viagem de oito dias começa e termina em Paris, na França.

 

O Auberge Ravous, em Auvers-sur-Oise, Normandia, a última morada de Vincent van Gogh

 

Monet e Van Gogh – Da capital parisiense, o navio segue pelo Rio Sena em direção a Vernon. Ao chegar à cidade, você pode optar entre dois passeios guiados: Giverny, onde estão a casa, os jardins e as obras de arte de Claude Monet, que ali viveu por mais de 40 anos. A outra opção é a visita ao Castelo Bizy, o “Versalhes da Normandia”.

 

O Castelo Gaillard, à beira do Rio Sena, no norte da Normandia, parece um ninho de águias escondido entre as nuvens

 

Após o almoço, o destino é Les Andeles, com uma parada para você conhecer o Castelo Gaillard, de 1196. Construído por ordem do rei da Inglaterra, Ricardo Coração de Leão, essa obra-prima da arquitetura medieval é considerada um dos mais belos postais da França.

Enquanto, a bordo, você e os demais passageiros recebem informações sobre as delícias locais e as saboreiam, o navio segue para Caudebec, onde fica aportado por dois dias. Nesta cidade produtora do queijo camembert, você tem a opção de fazer uma excursão pela Route des Chaumières, com suas casas de estilo arquitetônico enxaimel, tradicional da região normanda. Ou ainda, se preferir, pode conhecer a Abbey, a antiga abadia beneditina considerada um dos mosteiros mais importantes do mundo ocidental.

 

Em Giverny, o incrível Jardim de Monet

 

A tarde é livre para você explorar os encantos da região. Você pode, por exemplo, conhecer o lugar do histórico desembarque de forças europeias e norte-americanas, o palco do Dia D, durante a Segunda Guerra Mundial.

Outra possibilidade é fazer um passeio opcional à vila costeira de Honfleur, inspiração de artistas impressionistas, como Eugène Boudin, Gustave Coubert e Claude Monet.

E se quiser permanecer em Caudebec, uma região essencialmente agrícola, a dica é percorrer suas ruas saboreando os diferentes produtos que compõem a riqueza da culinária francesa, como os derivados de leite, grãos e temperos.

 

A Torre do Relógio, em Rouen, Normandia

 

O próximo destino é Rouen, capital da Normandia e cidade onde Joana D’Arc foi levada à fogueira em 1941. Em Rouen, você vai fazer um passeio guiado ao bairro medieval, onde prevalece o estilo enxaimel e há um relógio astronômico, o Gros Horloge, que remonta ao século 16.

 

A monumental catedral de Rouen, Normandia

 

Outro atrativo imperdível de Rouen é a catedral gótica. Essa construção, no passado, ostentou o título de edifício mais alto do mundo e foi inspiração para Claude Monet. 

Eterna Cidade Luz – Depois, você vai desembarcar em Conflans, para fazer uma excursão guiada até Auvers-sur-Oise, cidade onde viveu Vincent van Gogh. No sexto dia de viagem o navio retorna a Paris. Na capital francesa, onde você tem duas noites e um dia para conhecer ou rever alguns dos principais cartões-postais da cidade.

 

A Torre Eiffel, em Paris

 

A Catedral de Notre Dame, o Arco do Triunfo e a Torre Eiffel são alguns deles. Embora seja uma atração bem direcionada aos turistas (muitos franceses nunca fizeram o passeio), embarcar em um dos barcos existentes às margens do Rio Sena, navegando pelas suas águas à noite, quando a Eiffel se veste de magia e ainda mais luz, é algo inesquecível. 

Por falar em noite, você pode ir ao boêmio Quartin Latin, uma animada área próxima à Universidade de Sorbonne, frequentada por estudantes e artistas. Outra possibilidade é fazer um programa opcional para assistir a um show no famoso cabaré Moulin Rouge.

 

O cabaré Moulin Rouge permanece como uma das atrações de Paris

 

De qualquer modo, não faltam atrações em Paris, incluindo simplesmente andar a pé por suas ruas, observando seus jardins e canteiros floridos, sua arquitetura e romântica iluminação. Contudo, desvendar os mistérios ou rever a eterna beleza da Cidade Luz é sempre uma experiência única.

O cruzeiro custa a partir de US$ 2.449 por pessoa e oferece um desconto de US$ 1 mil para o casal, em cabine dupla, válido para reservas feitas até o próximo dia 30 de setembro.

 

 

O navio Marina, da Oceania Cruises

 

2. A travessia do Atlântico, de Lisboa ao Rio

Esta é uma viagem  que acontece apenas uma vez por ano. O cruzeiro é feito pelo Marina, da Oceania Cruises. O navio parte de Lisboa no dia 4 de novembro rumo ao Rio de Janeiro e aporta  em Sevilha, Tanger, Tenerife (Ilhas Canárias), Mindelo (Cabo Verde), Recife e Salvador, antes de chegar à Cidade Maravilhosa.

 

Ambiente interno do navio Marina

 

A gastronomia é um dos pontos altos desse cruzeiro. Os seis restaurantes a bordo oferecem desde os sofisticados cardápios franceses até pratos da exótica culinária tailandesa, japonesa e vietnamita. Para quem deseja se familiarizar com a gastronomia, a dica é o Bon Appétit Culinary Center, com aulas práticas de culinária. O cruzeiro de 16 dias custa US$ 3.349 por pessoa, em cabine dupla com varanda. Informações: Firstar, tels. (11) 3253-7203 e (21) 3553-7646.

 

 

Museu Mauritshuis, Haia, Holanda

 

3. Reabertura do Museu Mauritshuis

Após dois anos de reformas e de um investimento de € 30 milhões, o Museu Mauritshuis, um dos mais importantes da Holanda, volta a ser aberto ao público. Situado no centro de Haia, o museu abriga um fascinante acervo de obras dos séculos 17 e 18 dos grandes mestres da arte holandesa, como Rembrandt, Steen, Rubens, Frans Hals e Vermeer.

 

Vênus e Marte, de Joachem Wtewael, uma das obras-primas do museu em Haia

 

Batizado com o nome Mauritshuis em homenagem ao conde Maurício de Nassau, o museu está alojado no Palácio do Açúcar, uma construção do século 17 que foi encomendada ao arquiteto Jacob van Campen  e seu assistente Pieter Post por Nassau no período em que ele viveu no Brasil.

Com a reforma que preservou a arquitetura original do palácio, o museu passou a ter uma expansão subterrânea até um moderno prédio situado do outro lado da rua.  A nova área, Royal Dutch Shell Wing, é composta por um espaço de exposição temporária, auditório, biblioteca, salas de eventos, brasserie, loja e o Art Workshop (educacional). Informações: ‎http://www.mauritshuis.nl.

 

 

Orcas do SeaWorld, na Flórida

 

4. SeaWorld lança canal no Youtube para Brasil e América Latina

Brasileiros e sul-americanos que pretendem visitar os parques do SeaWorld nos Estados Unidos ganham um novo aliado para ajudar no planejamento de sua viagem: duas playlists no canal oficial do Youtube, com vídeos do SeaWorld. Legendados em português e espanhol, os vídeos estão organizados em séries que mostram os bastidores da criação de novas atrações, as novidades do grupo e o trabalho de cuidado com os animais, incluindo o resgate e a reabilitação. Anote os links:

Em português – www.youtube.com/playlist?feature=edit_ok&list=PLPAAykANPISCczyir7ESRDgawLLnAQkXQ

Em espanhol – www.youtube.com/playlist?list=PLPAAykANPISA1GvWDVZ0WZqR2fVNgHbTt

 

 

Panoramica do Canal

 

5. O Canal de Panamá faz 100 anos

Ponto de parada obrigatória para os turistas que visitam o país, o Canal do Panamá está festejando seu centésimo aniversário. Aberto às embarcações do mundo todo no dia 15 de agosto de 1914, o caminho artificial criado pela destreza da engenharia liga os oceanos Atlântico e o Pacífico. É possível conhecê-lo de carro, ônibus, a pé ou em cruzeiros de um dia.

No decorrer do percurso, os turistas podem admirar as indescritíveis paisagens do lugar, observando ainda o intrigante vaivém dos navios nas eclusas. O pôr-do-sol é um convite para a happy hour nos bares espalhados ao longo do trajeto. Jantar às margens do canal é outra boa pedida. Com uma variedade de frutos do mar à la carte e cozinha fusion, o Restaurante e Bar Miraflores, por exemplo, oferece ao visitante uma vista panorâmica aos avanços da ampliação do Canal de Panamá.

 

 

Navio enorme atravessa lentamente o Canal do Panamá

 

Durante as festividades de 100 anos, as obras devem ser finalizadas. Quando a reforma estiver concluída, o canal terá uma nova hidrovia que permitirá a passagem de navios bem maiores que os atuais. Contará ainda com um novo conjunto de comportas paralelo às existentes, para ser operado simultaneamente com as comportas atuais. Cada conjunto ascenderá do nível do mar até o Lago Gatún em apenas uma passagem (atualmente, é feita em duas etapas). Informações: www.visitpanama.com. Quem leva: Sanchat Tour, tel. (11) 3017-3140.

 

 

Bridgetown, em Barbados, rua central

 

6. Barbados faz promoção para brasileiros

Boa notícia para que vai para Barbados: a promoção “Barbados Island Inclusive” está de volta. O anúncio foi feito pela Autoridade de Turismo de Barbados (BTA), que relançou a campanha que dá até US$ 200 para turistas gastarem em atrações da ilha caribenha, dos passeios de catamarã e tours em cavernas até visitas às destilarias de rum.

 

Praia Gibbs, na Baia de Mullins, em Barbados

 

“O Brasil foi um dos países que mais vendeu pacotes para Barbados na primeira promoção. Com o sucesso de vendas e pedidos do mercado para que fosse realizada outra edição, a BTA optou por atender às solicitações e incentivar ainda mais o turismo na ilha”, diz Tatiana Bozzo, assessora de Relacionamento com o Trade da GVA, empresa que representa a BTA no Brasil.

Informações sobre as regras da promoção e os hotéis e estabelecimentos participantes: www.visitebarbados.com.br/islandinclusive.

 

 

Foto da Exposição 'Retorno à Amazônia'

 

7. Amazônia itinerante

Após ter passado por cidades do Rio de Janeiro, de São Paulo e do Amazonas, a exposição “Retorno à Amazônia Itinerante” chega à capital paulista, onde pode ser visitada até o dia 31 de agosto, no vão do Masp. A mostra é o resultado de uma expedição feita por Jacques Cousteau em 1982, quando o documentarista, cineasta e oceanógrafo francês percorreu toda a extensão de 6.800 quilômetros da Amazônia, ao lado de seu filho Jean Michel Cousteau e uma equipe de mais de 50 pessoas.

 

Foto de tartaruga de água doce, faz parte da exposição

 

Depois de mais de duas décadas, seu herdeiro voltou à floresta com os seus filhos e grande parte da equipe que fez a expedição em 1982. O objetivo da viagem era saber o que havia mudado na floresta nos últimos 25 anos. Essa e outras respostas à pergunta estão ilustradas na exposição, na qual cada detalhe é desvendado em 30 telas ilustradas com as imagens feitas pela fotógrafa Carrie Vonderhaar e um painel informativo assinado por Jean Michel Cousteau, curador da mostra. Informações: http://culturasx.com.br/veoliaamazonia.

 

 

O Farol da Barra, em Salvador


8. Salvador ganha roda-gigante na inauguração da Barra

Uma roda-gigante de 20 m de altura promete ser o ponto alto da festa de reinauguração da orla do bairro da Barra, em Salvador (BA), no dia 22 de agosto. O espaço será devolvido ao público após ter sido totalmente reformulado.

Com capacidade para 64 pessoas, a roda-gigante funciona na carroceria de um caminhão e estará aberta das 14h às 21h. A entrada será permitida mediante a doação de uma peça de roupa, um brinquedo ou de um quilo de alimento não-perecível, que será doado a instituições de caridade.

Shows, eventos esportivos, oficinas de pipas e feiras de gastronomia e de artesanato também fazem parte da programação comemorativa da nova orla da Barra, que acontece do dia 22 a 24 de agosto.

 

 

Curvas tira-fôlego da ferrovia serrana que leva ao porto de Antonina, no Paraná

 

9. De trem na Serra do Mar paranaense

Um passeio pela centenária Estrada de Ferro que atravessa a Serra do Mar paranaense. Assim é essa viagem de trem com duração de três horas, que parte de Curitiba e segue até Morretes por uma ferrovia que é considerada uma das mais bonitas do país.

Em Morretes é feita uma pausa para o almoço, com a degustação do famoso Barreado, um prato típico da região que é acompanhado de frutos do mar. Tempo livre para conhecer a cidade.

 

 

Vagão-restaurante do trem serrano de Morretes, Paraná

 

Em seguida, partida para Antonina, onde acontece um tour pelas suas principais atrações. Fim da viagem, com o retorno rodoviário para Curitiba pela Estrada da Graciosa ou pela BR 277.

Até dia 31 de agosto, o pacote custa por pessoa R$ 199 (adultos) e R$ 132 (crianças de quatro a dez anos). Inclui: traslado até a Estação Ferroviária, viagem de trem até Morretes em vagão turístico, lanche no trem, almoço típico em Morretes e passeios pelas cidades de Morretes e de Antonina. Informações: Abra tour Viagens, tels. (11) 3034-6355 e (41) 3079-2797.

 

 

Bondinho do Parque Unipraias Camboriú, em Santa Catarina

 

10. Unipraias comemora aniversário com desconto

No dia 26 de agosto, o complexo turístico Parque Unipraias Camboriú, no Balneário Camboriú (SC), completa 15 anos. Para festejar a data, está oferecendo 50% de desconto para quem comprar o ingresso do bondinho em sua loja virtual (www.unipraias.com.br/loja). A promoção termina no dia 31 de agosto é não é válida para as demais atrações do parque.

Marco no desenvolvimento turístico da cidade, o Unipraias alia natureza, diversão e tecnologia. Se você ainda não conhece o bondinho nem a charmosa cidade catarinense, uma dica de hospedagem econômica é o HI Hostel Rezende, associado à HI Hostel Brasil.

Situado a 3 km do bondinho e próximo à Praia Central e de diversas lojas e restaurantes, o hostel oferece diferentes tipos de apartamentos, dos quartos duplos, triplos e quádruplos aos coletivos. Todas as acomodações possuem banheiro privativo, além de tevê, frigobar e ventilador. Alguns apartamentos têm varanda.

 

(*) Correspondência para a seção "Viagem Oásis" deverá ser enviada a Fabíola Musarra: [email protected]

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email