Os heróis da Inconfidência Mineira

No grupo dos inconfidentes, encontram-se personalidades históricas, de acordo com a reencarnação, com Salvador Gurgel voltando como Juscelino Kubitschek e tantas outras realizações que levaram o Brasil à modernidade

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

No dia 21 de abril, os brasileiros comemoraram a Inconfidência Mineira e lembraram a morte de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. O movimento mineiro elaborou na época um programa de governo que, duzentos e vinte anos depois, ainda não se concretizou completamente.

Para ajudar a imortalizar os ideais dos heróis, o mestre do barroco Aleijadinho imortalizou o rosto de cada um dos inconfidentes na famosa Igreja Bom Jesus de Matozinhos, retratados nos 12 profetas de Cristo, em Congonhas, Minas Gerais, cidade perto de Ouro Preto, onde moravam os principais personagens.

A história é relatada por Antônio Thomaz Gonzaga no livro “Confidências de um Inconfidente”, no capítulo “Testemunho para o Futuro”, psicografado pelo próprio. Há 30 anos, o livro estava pronto quando pela primeira vez fui visitar Chico Xavier. Ele era amigo de meu pai, que foi um dos pioneiros do espiritismo no Brasil. Apesar de nunca ter me visto, Chico me falou que eu não deveria mais esperar para publicar a obra.

Os 12 Profetas do Adro foi a última obra de Aleijadinho, que já estava dilacerado pela hanseníase e, para terminar o trabalho, contava com fiéis ajudantes. O mestre do barroco se desdobrou para reproduzir em cada rosto dos inconfidentes mais ativos da conjuração. Outros detalhes sobre a realização desta maravilhosa obra também está relatada em outro livro - “Aleijadinho”, iconografia maçônica de minha filha, Marilei Moreira Vasconcellos. Veja quem é quem:

PROFETAS DE ALEIJADINHO REPRESENTAM O ROSTO DE CADA INCONFIDENTE

A-Abdias -(CAPITULO I) Francisco de Paula Freire

L-Baruc,que quer dizer em hebraico Louvado,(CAPITULO I) Tomás Antônio Gonzaga

E-Ezequiel-(CAPITULO I) José Inácio Alvarenga Peixoto.

I-Isaias (CAPITULO VI) Joaquim José da Silva Xavier.

J-Jonas (CAPITULO II) Rego Fortes.

A-Amós-(CAPITULO I) Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho

D-Daniel-(CAPITULO VI) José Alvares Maciel.

I-jeremias-(CAPITULO 35) Cláudio Manoel da Costa.

I-Joel-(CAPITULO I) Salvador Gurgel.

N-Naum-(CAPITULO I) Domingos Abreu Vieira

H-Habacuc(CAPITULO I) Francisco Oliveira Lopes.

O-Oséias-(CAPITULO I) Domingos Vidal Barbosa.

A palavra “Capítulo” no grau dezoito da Maçonaria representava a loja que tinha direito de tratar de assuntos políticos, portanto, ficou definida assim:


CAPITULO I- 8 PROFETAS.- LOJA DE Minas.

CAPITULO II- 1 PROFETA - LOJA DE S.PAULO

CAPITULO VI- 2 PROFETAS- LOJAS de Minas e Rio de Janeiro.

CAPITULO 35- 1 PROFETA- LOJA DE Bahia, Minas e Rio de Janeiro.

Dentro do grupo dos inconfidentes, encontram-se personalidades históricas, de acordo com a reencarnação, com Salvador Gurgel voltando como Juscelino Kubitschek, idealizador de Brasília (um dos sonhos inconfidentes era construir a capital no centro do país) e tantas outras realizações que levaram o Brasil à modernidade.

Os heróis tiveram as suas vidas destruídas, apesar de Tiradentes ter sido o único morto pela Corte de forma brutal, com o corpo esquartejado em quatro partes. Tudo começou com a notícia de que Portugal iria cobrar o quinto do ouro. A ironia é que mais de dois séculos depois, o Brasil, já independente, massacra o povo com um dos impostos mais caros do mundo e retorno quase zero. Cada brasileiro hoje trabalha em média cinco meses por ano para pagar os tributos. 

A história dos inconfidentes é um exemplo que nós, brasileiros, podíamos fazer para reagir a este assalto dos políticos, que atualmente é muito maior do que Portugal tirava do país.

Marilusa Vasconcelos é psicóloga e escritora, com mais de 55 obras publicadas nos últimos 30 anos, entre romances e histórias infantis

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email