Profecias da IBM: Cinco coisas que mudarão nosso futuro

Em um mundo que se transforma num ritmo cada vez mais rápido, é difícil imaginar como será o nosso futuro até mesmo a curto prazo. Os especialistas da megaempresa IBM tentam imaginar essas mudanças. Eles nos mostram 5 hipóteses fascinantes sobre como a tecnologia mudará nossas vidas nos próximos 5 anos

Em um mundo que se transforma num ritmo cada vez mais rápido, é difícil imaginar como será o nosso futuro até mesmo a curto prazo. Os especialistas da megaempresa IBM tentam imaginar essas mudanças. Eles nos mostram 5 hipóteses fascinantes sobre como a tecnologia mudará nossas vidas nos próximos 5 anos
Em um mundo que se transforma num ritmo cada vez mais rápido, é difícil imaginar como será o nosso futuro até mesmo a curto prazo. Os especialistas da megaempresa IBM tentam imaginar essas mudanças. Eles nos mostram 5 hipóteses fascinantes sobre como a tecnologia mudará nossas vidas nos próximos 5 anos (Foto: Gisele Federicce)

 

 


Por: Equipe Oásis

Em dezembro de 2006 a IBM lançou a iniciativa "5in5" e passou a apontar a cada ano as cinco coisas que mudariam nossas vidas nos próximos cinco anos. Também neste final de 2013 chegam pontualmente as previsões dos especialistas da empresa, válidos até 2018.

Se nas previsões feitas o ano passado, válidas até 2017, aparecia a hipótese de um computador capaz de reconhecer os odores e receitas culinárias tornadas ainda mais apetitosas graças a conselhos digitais, este ano os argumentos que mudarão nossas vidas são muito diferentes e interessantes. Aqui estão eles:

Escola e medicina

Do ponto de vista estritamente pessoal, elementos como a educação e a saúde são os que passarão pelas mudanças mais radicais. No primeiro caso, com uma escola que se adaptará cada vez mais às exigências e às capacidades do estudante, e não ao contrário, como foi exigido até agora. Quanto ao universo da medicina, os doutores usarão cada vez mais os recursos e as descobertas relativas ao DNA e a engenharia genética para curar e prevenir doenças.

Segurança e compras online

Em quase todo o mundo, a barreira das compras online foi definitivamente derrubada. São milhões de pessoas em todo o mundo que preferem comprar na rede, mais do que ir a uma loja ou shopping Center. Mas ainda existe o risco relativo à segurança. As coisas mudarão muito no futuro próximo, diz a IBM, primeiro porque teremos à disposição guardiães digitais que defenderão os nossos dados, e segundo porque a experiência de comprar online será cada vez mais dividida em duas etapas: consultar a loja online e comprar fisicamente, de modo a poder controlar a qualidade da mercadoria.

Invasão dos celulares

Uma última inovação que veremos prosperar nos próximos cinco anos, desde que os seus governantes o queiram, serão cidades que respondem de maneira veloz e direta aos seus moradores. Em 2017 prevê-se que 3 bilhões de smartphones (celulares inteligentes) estarão sendo usados em todo o mundo. A cidade do futuro estará ao alcance do dedo indicador, reunindo dados e informações diretamente para o nosso telefone: tráfego, horários, trajeto dos ônibus, teatros, museus, todas as informações estarão disponíveis em poucos átimos. Será um futuro, mais do que nunca, digital.

GPS e reconhecimento vocal para todos

Todas essas previsões do projeto 5 em 5 são bem fundamentadas na teoria. Mas serão confirmadas na prática? As primeiras previsões da IBM, feitas em 2006, se revelaram quase todas acertadas. Em 2006 foi lançada a hipótese dos serviços de geolocalização através de telefones celulares e hoje todos os smartphones possuem o GPS. Previa-se o reconhecimento vocal e hoje todos os possuidores de iPhone que usam o sistema Siri sabem de que estamos falando. Houve a hipótese da telemedicina e hoje importantes passos à frente dela foram dados; imaginava-se a utilização da nanotecnologia que hoje é cada vez mais usada; enfim, previa-se a implementação do sistema 3D na Internet, mas isso até agora não aconteceu.

 

 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247