Zeugma dos mosaicos. Novas descobertas na “Pompeia turca”

No início dos anos 2000, durante as obras de construção da barragem da usina hidrelétrica de Birecik, no sul da Turquia, foram encontradas as ruínas da cidade greco-romana de Zeugma, fundada no século 3 antes de Cristo. Chamados às pressas, os arqueólogos ficaram estupefactos: ante os seus olhos apareceu um dos maiores e mais bem preservados conjuntos de mosaicos greco-romanos de todos os tempos. Superfícies de pisos e paredes inteiramente recobertas por mosaicos feitos com peças de pedras e vidros coloridos com motivos, figuras mitológicas e personagens daquela época, bem como cenas da literatura e do teatro. Há pouco, novas descobertas confirmaram a riqueza do patrimônio artístico de Zeugma.

No início dos anos 2000, durante as obras de construção da barragem da usina hidrelétrica de Birecik, no sul da Turquia, foram encontradas as ruínas da cidade greco-romana de Zeugma, fundada no século 3 antes de Cristo. Chamados às pressas, os arqueólogos ficaram estupefactos: ante os seus olhos apareceu um dos maiores e mais bem preservados conjuntos de mosaicos greco-romanos de todos os tempos. Superfícies de pisos e paredes inteiramente recobertas por mosaicos feitos com peças de pedras e vidros coloridos com motivos, figuras mitológicas e personagens daquela época, bem como cenas da literatura e do teatro. Há pouco, novas descobertas confirmaram a riqueza do patrimônio artístico de Zeugma.
No início dos anos 2000, durante as obras de construção da barragem da usina hidrelétrica de Birecik, no sul da Turquia, foram encontradas as ruínas da cidade greco-romana de Zeugma, fundada no século 3 antes de Cristo. Chamados às pressas, os arqueólogos ficaram estupefactos: ante os seus olhos apareceu um dos maiores e mais bem preservados conjuntos de mosaicos greco-romanos de todos os tempos. Superfícies de pisos e paredes inteiramente recobertas por mosaicos feitos com peças de pedras e vidros coloridos com motivos, figuras mitológicas e personagens daquela época, bem como cenas da literatura e do teatro. Há pouco, novas descobertas confirmaram a riqueza do patrimônio artístico de Zeugma. (Foto: Luis Pellegrini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247