CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Parceiros

Mapa Astral x Tarot: Diferenças e Qual Escolher em Tomadas de Decisões

Imagem Thumbnail
(Foto: Pexels)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

O Mapa Astral e o Tarot são duas ferramentas diferentes que podem ser usadas em tomadas de decisões importantes. Embora ambas tenham origens antigas e sejam usadas para adivinhação, elas têm propósitos distintos e devem ser escolhidas de acordo com a situação. O Mapa Astral é uma leitura astrológica que fornece informações sobre a personalidade e a vida de uma pessoa, enquanto o Tarot é um baralho de cartas que pode ser usado para obter insights sobre uma determinada situação ou problema.

Ao escolher entre o Mapa Astral e o Tarot, é importante considerar o tipo de informação que você está procurando. Se você está interessado em aprender mais sobre si mesmo ou entender como os planetas podem estar afetando sua vida, o Mapa Astral pode ser a escolha certa. Por outro lado, se você está enfrentando uma situação específica e precisa de insights sobre como lidar com ela, o Tarot pode ser mais útil. Em última análise, a escolha entre essas duas ferramentas depende do que você está procurando e de como deseja abordar a situação em questão.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O que é Mapa Astral?

O Mapa Astral é uma representação gráfica das posições dos planetas no momento do nascimento de uma pessoa. Ele é lido a partir da data, local e horário do nascimento, e é usado para entender a influência que os astros têm na personalidade e no destino do indivíduo.

Como é feito

O Mapa Astral é feito a partir de cálculos astrológicos que levam em conta a data, hora e local de nascimento da pessoa. Esses cálculos são usados para determinar a posição dos planetas e dos signos do Zodíaco no momento do nascimento, bem como a posição de outros elementos astrológicos, como as casas astrológicas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Para que serve

O Mapa Astral é usado para entender a personalidade e o destino de uma pessoa. Ele pode fornecer informações sobre as tendências e características da personalidade, bem como sobre as oportunidades e desafios que a pessoa pode enfrentar ao longo da vida. O Mapa Astral também pode ser usado para orientar decisões importantes, como escolha de carreira, relacionamentos e mudanças de vida.

Como interpretar

A interpretação do Mapa Astral é feita por um astrólogo, que analisa as posições dos planetas e dos signos do Zodíaco no momento do nascimento da pessoa. Ele também leva em conta as casas astrológicas e outros elementos astrológicos, como os aspectos planetários e as configurações astrológicas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A interpretação do Mapa Astral pode fornecer informações sobre a personalidade, as tendências e os desafios da pessoa, bem como sobre as oportunidades e os caminhos que ela pode seguir na vida. A interpretação também pode fornecer orientação sobre como lidar com os desafios e aproveitar as oportunidades que a vida apresenta.

O que é Tarot?

O Tarot é um antigo baralho composto por 78 cartas, dividido em dois grupos: Arcanos Maiores e Arcanos Menores. Os Arcanos Maiores são compostos por 22 cartas que representam experiências humanas universais e arquetípicas. Os Arcanos Menores são compostos por 56 cartas divididas em quatro naipes, que representam diferentes aspectos da vida.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Como é feito

O Tarot é feito com base em um baralho composto por 78 cartas, que são distribuídas em um padrão específico. Cada carta tem um significado específico e pode ser lida de diferentes maneiras, dependendo do contexto em que é usada.

Para que serve

O Tarot é usado para obter insights sobre questões específicas ou para fornecer orientação em situações difíceis. Ele pode ajudar a esclarecer dúvidas, fornecer perspectivas sobre problemas e ajudar a identificar soluções.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Como interpretar

Para interpretar o Tarot, é preciso ter conhecimento sobre o significado de cada carta e como elas se relacionam entre si. É importante também considerar o contexto em que as cartas são usadas e interpretar com base na intuição e na experiência.

Algumas dicas para interpretar o Tarot incluem:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
  • Estar aberto e receptivo às mensagens que as cartas estão transmitindo
  • Não se apegar a uma interpretação específica, mas sim estar disposto a explorar diferentes possibilidades
  • Considerar o significado das cartas em relação às posições em que são colocadas no padrão de leitura
  • Usar a intuição e a experiência para interpretar as mensagens das cartas de maneira mais profunda e significativa.

Diferenças entre Mapa Astral e Tarot

O Mapa Astral e o Tarot são duas práticas diferentes, mas que muitas vezes são confundidas por pessoas que não estão familiarizadas com ambas. Nesta seção, será explicado as diferenças entre essas duas práticas, incluindo a origem e história, métodos de interpretação e uso em tomadas de decisões.

Origem e História

O Mapa Astral tem sua origem na astrologia, que é uma prática muito antiga e tem suas raízes na Babilônia. A astrologia é baseada na crença de que a posição dos planetas no momento do nascimento de uma pessoa influencia sua personalidade e destino. O Mapa Astral é uma leitura astrológica que consiste em cálculos matemáticos para determinar a posição dos planetas no momento do nascimento de uma pessoa.

Por outro lado, o Tarot tem uma origem mais incerta, mas acredita-se que tenha surgido no século XIV na Europa. O Tarot é um baralho de cartas composto por 78 cartas, divididas em 56 Arcanos Menores e 22 Arcanos Maiores. As cartas do Tarot são lidas com base em sua simbologia e nos significados atribuídos a cada carta.

Métodos de interpretação

O Mapa Astral é interpretado com base na posição dos planetas no momento do nascimento de uma pessoa e na relação entre esses planetas e os signos do zodíaco. O Mapa Astral é usado para entender a personalidade de uma pessoa, suas forças e fraquezas, e para prever eventos futuros em sua vida com base na posição dos planetas.

Já o Tarot é interpretado com base na simbologia das cartas e nos significados atribuídos a cada carta. As cartas do Tarot podem ser usadas para entender a situação atual de uma pessoa, suas emoções e desafios, e para prever eventos futuros em sua vida com base nas cartas que são sorteadas.

Uso em tomadas de decisões

Tanto o Mapa Astral quanto o Tarot podem ser usados para ajudar as pessoas a tomar decisões importantes em suas vidas. No entanto, o uso de cada prática é diferente.

O Mapa Astral pode ser usado para entender as forças e fraquezas de uma pessoa e para prever eventos futuros em sua vida com base na posição dos planetas. Isso pode ser útil para ajudar uma pessoa a tomar decisões importantes, como escolher uma carreira ou decidir se deve fazer uma grande mudança em sua vida.

Já o Tarot pode ser usado para entender a situação atual de uma pessoa e para prever eventos futuros em sua vida com base nas cartas que são sorteadas. Isso pode ser útil para ajudar uma pessoa a tomar decisões importantes, como escolher entre duas opções ou decidir se deve seguir em frente com um projeto. Damos por exemplo: você está em dúvida se vai para Morro de São Paulo ou não na sua viagem de Lua de Mel, e precisa de uma decisão rápida, o tarot seria mais adequado.

O Mapa Astral e o Tarot são duas práticas diferentes que podem ser usadas para ajudar as pessoas a tomar decisões importantes em suas vidas. O Mapa Astral é baseado na astrologia e na posição dos planetas no momento do nascimento de uma pessoa, enquanto o Tarot é baseado na simbologia das cartas. Cada prática tem seu próprio método de interpretação e pode ser usada de maneiras diferentes em tomadas de decisões.

Qual escolher em tomadas de decisões?

Ao tomar decisões importantes, muitas pessoas buscam orientação em práticas espirituais, como a astrologia e o tarot. Ambas são ferramentas úteis para entender a si mesmo e o mundo ao seu redor, mas cada uma tem suas próprias características e objetivos. Nesta seção, vamos explorar os pontos a considerar ao escolher entre mapa astral e tarot em tomadas de decisões.

Pontos a considerar

Ao escolher entre mapa astral e tarot, é importante considerar o objetivo da consulta. O mapa astral é mais adequado para quem busca uma compreensão mais profunda de sua personalidade, pontos fortes e fracos, e como isso pode afetar suas decisões. Por outro lado, o tarot é mais adequado para quem busca respostas específicas a perguntas específicas, ou para quem busca insights sobre o futuro próximo.

Também é importante considerar o tempo disponível. O mapa astral é um processo mais longo e detalhado, que pode levar horas para ser concluído. Já uma leitura de tarot pode ser concluída em questão de minutos.

Por fim, é importante considerar o profissional que realizará a consulta. Certifique-se de escolher um profissional experiente e confiável, que possa fornecer orientação precisa e útil.

Exemplos práticos

Para ilustrar como o mapa astral e o tarot podem ser usados em tomadas de decisões, aqui estão dois exemplos práticos:

  • Exemplo 1: João está pensando em mudar de carreira, mas está incerto sobre qual caminho seguir. Ele decide fazer um mapa astral para entender melhor suas habilidades e interesses. A partir da leitura, João descobre que tem habilidades naturais em comunicação e liderança, e que seria bem-sucedido em uma carreira que envolvesse essas habilidades. Com essa informação, João decide buscar empregos que envolvam comunicação e liderança.

Exemplo 2: Maria está passando por um momento difícil em seu relacionamento e quer saber se deve ou não terminar. Ela decide fazer uma leitura de tarot online para obter insights sobre o futuro de seu relacionamento. A partir da leitura, Maria descobre que o tarot indica que seu relacionamento pode ser salvo, mas que ela precisa ser mais clara e direta em suas comunicações com seu parceiro. Com essa informação, Maria decide tentar salvar seu relacionamento e trabalhar em sua comunicação com seu parceiro.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO