Bolsonaro diz ser inviável tirar brasileiros de locais com coronavírus: 'custa caro'

"Se me arranjarem recursos e meios, começamos a arranjar (voos) a partir de agora", declarou. "Custa caro um voo desses", acrescentou, ao afirmar que não resgatará brasileiros na China “se não estiver tudo redondinho no Brasil”

Bolsonaro fala sobre o coronavírus
Bolsonaro fala sobre o coronavírus (Foto: ABr | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira 31 ser "inviável" trazer brasileiros de locais com coronavírus, e ressaltou que isso só ocorreria com quarentena. Em declaração feita após a coletiva de imprensa do Ministério da Saúde sobre o tema, ele disse ainda se tratar de uma ação que cabe mais ao Congresso, por envolver recursos públicos.

"Se me arranjarem recursos e meios, começamos a arranjar (voos) a partir de agora", declarou. "Custa caro um voo desses. Ali, se for fretar um voo é acima de 500 mil dólares o custo. Pode ser pequeno para o tamanho do orçamento brasileiro, mas depende da aprovação do Parlamento. Aí é com eles", completou.

Segundo ele, o plano para o resgate envolve a realização de um exame prévio, para que ninguém que já apresente os sintomas do novo coronavírus seja trazido ao Brasil, e que os resgatados sejam submetidos a quarentena em hospitais de campanha do Exército.

“Nós não temos uma lei de quarentena. Ao trazer brasileiros para cá, coloca em quarentena, mas qualquer ação judicial manda a gente tirar. Se não estiver tudo redondinho no Brasil, não vamos buscar ninguém. Quem vier para cá tem que se submeter aos trâmites.”

Outros países, como Japão, Estados Unidos e Austrália, têm tirado seus cidadãos de Wuhan, cidade chinesa localizada na província de Hubei e foco principal do vírus. Os brasileiros no local reclamaram de falta de orientação do governo brasileiro.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247