Bolsonaro quebra o decoro, chama Lula de "nove dedos" e espalha a fake news de que o ex-presidente pretendia censurar a internet

Jair Bolsonaro quebrou o decoro presidencial mais uma vez neste domingo ao se referir ao ex-presidente Lula como "aquele cara de nove dedos" e também espalhou uma mentira: a de que o líder petista pretendia censurar a internet; manifestação ocorre no momento em que as pesquisas mostram Lula mais forte, mais admirado e mais confiável do que Bolsonaro

(Foto: Marcos Corrêa/PR | Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Jair Bolsonaro cometeu mais uma grosseria neste domingo ao se referir ao ex-presidente Lula como "aquele cara de nove dedos", numa live diante do Palácio da Alvorada. Na mesma transmissão, ele também mentiu mais uma vez, ao dizer que Lula pretendia censurar a internet – o que jamais foi proposto em seu governo.

Bolsonaro proferiu mais este insulto a pretexto de defender  a liberdade de expressão na internet, quando na verdade sua fala visa apenas dar guarida a comunicadores que promovem discursos de ódio e espalham fake news nas redes sociais, sem as quais ele jamais teria sido eleito. Pesquisa divulgada neste fim de semana aponta que, para 68% dos brasileiros, Bolsonaro só foi eleito porque Lula foi impedido de disputar as eleições (saiba mais aqui):

Confira abaixo seu tweet:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247