Bolsonaro sobe o tom contra Barroso de novo e diz que ele é "sujo" e "está abusando" (vídeo)

“Ele acha que é o máximo, mas tem limite dele. Tenho os meus e ele tem os dele. Está abusando não é de hoje", disse Jair Bolsonaro sobre o presidente do TSE, Luiz Roberto Barroso, a quem acusou de "sujo". Em conversa com bolsonaristas nesta segunda, xingou Lula mais uma vez

www.brasil247.com -
(Foto: ABR)


247 - Jair Bolsonaro voltou a subir o tom contra o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, nesta segunda-feira (2). “Ele acha que é o máximo, mas tem limite dele. Tenho os meus e ele tem os dele. Está abusando não é de hoje. A gente espera tratar as pessoas do Brasil dentro da normalidade, mas não continue tratando o povo desta maneira", disse durante uma conversa com apoiadores, de acordo com o UOL. Ele disse que Barroso é "sujo" e xingou Lula mais uma vez. Ataque acontece no mesmo dia em que o Judiciário retoma os trabalhos após o recesso e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, prepara um duro discurso para rebater as acusações, sem provas, feitas pelo ex-capitão sobre a existência de fraudes eleitorais. 

Quanto a Lula, Bolsonaro provocou: “Querem devolver a direção do Brasil para um corrupto, cachaceiro, loteou as estatais, vendeu até a mãe para ficar no poder”. Ele ainda chamou Lula de “picareta” e “bêbado incompetente”.

Bolsonaro também fez referência a inviolabilidade das urnas por meio de uma piada homofóbica. “O Barroso disse que as urnas são impenetráveis”, ironizou. Ainda segundo ele, “a imprensa está aí para desinformar e falar mentiras. Em cima dessa mentira, vem o Datafolha e, depois tudo isso acertado, tem a contagem na sala secreta pelo seu Barroso e meia dúzia de funcionários, tá justificado. E aí se eu quiser eu recorro ao Supremo".  "Se as eleições tiverem problema, dizem 'recorra à Justiça'. Qual Justiça? O Supremo, que colocou o Lula para fora e o tornou elegível?”, completou. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em baixa nas pesquisas, Bolsonaro aproveitou a ocasião para também desferir ataques contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Se deixar que se faça eleições dessa forma que está aí, o Barroso ajuda a botar o cara para fora da cadeira e torna elegível, e o Barroso vai contar os votos lá: qual a consequência disso?", disse. "Querem dar a direção ao Brasil para um corrupto, cachaceiro, arrebentou as estatais, loteava tudo aqui e vendeu até a mãe para ficar no poder, aparelhou tudo... Querem fazer que nem a Argentina?”, emendou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email