Bolsonaro tem 35,5% de avaliação negativa e 32,7% de avaliação positiva

Dados são do agregador do portal jurídico Jota, ferramenta que compara resultados de diferentes institutos de pesquisa. O agregador indica que, no balanço geral, o saldo da aprovação do governo ainda é negativo

Jair Bolsonaro deixa Palácio da Alvorada
Jair Bolsonaro deixa Palácio da Alvorada (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 - Jair Bolsonaro registra uma avaliação negativa em declínio em 35,5% (ruim e péssimo) e a avaliação positiva (ótimo e bom) ascendente em 32,7%, aponta o agregador do portal jurídico Jota, modelo estatístico de fusão de pesquisas.

Em outubro, essa mesma ferramenta mostrou que Bolsonaro tinha a pior avaliação no primeiro ano entre os presidentes em primeiro mandato.

Há três semanas, ele tinha 36% de avaliação negativa e 31,7% de positivas, diz o Jota. "O agregador indica que o saldo da aprovação do governo ainda é negativo. Em novembro de 2019 Bolsonaro atingiu seu menor patamar de aprovação: -5 pontos, mas a partir de dezembro a trajetória de declínio foi interrompida. Hoje seu saldo é estimado em -2,2 pontos", informa a matéria, que diz ainda: "A avaliação negativa cruzou a positiva em julho e desde então se mantém assim".

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247