Clã Bolsonaro comemora nas redes o fim da era Maia

O senador Flávio Bolsonaro usou suas redes sociais para tripudiar sobre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que quase certamente será derrotado na eleição para a Presidência da Câmara na noite desta segunda. “Bom dia a todos, menos para o 'democrata' que não sabe perder”, escreveu Flávio

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O senador Flávio Bolsonaro usou suas redes sociais nesta segunda-feira (1) para tripudiar sobre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que termina hoje seu mandato que quase certamente será derrotado na eleição para a Presidência da Câmara na noite desta segunda, vendo seu partido apoiar o candidato de Bolsonaro, Arthur Lira (PP-AL).

O DEM retirou o apoio a Baleia neste domingo (31), irritando profundamente Maia, que sinaliza abertura de impeachment contra Bolsonaro. O preço para a mudança do DEM é a entrega do MEC ao partido de ACM Neto

Neste cenário, Flávio Bolsonaro tripudiou Maia em sua conta no Twitter, sem citá-lo diretamente: “Bom dia a todos, menos para o ‘democrata’ que não sabe perder democraticamente dentro do próprio partido. O projeto de Maia, ‘viva eu e foda-se o Brasil’, está a poucas horas de terminar”.

Além de sinalizar a abertura do impeachment, Maia também pretende deixar o DEM após ser traído pela sigla na debandada dos parlamentares na adesão à candidatura de Baleia. 

Segundo informações da jornalista Bela Megale, em O Globo, Maia já teria avisado ao presidente do DEM, ACM Neto, que não pode ficar em um partido aliado a Bolsonaro.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email