Datafolha: rejeição a Bolsonaro ultrapassa 60% entre desempregados, negros e mulheres

A pesquisa Datafolha mostrou que Jair Bolsonaro (PL) tem a maior rejeição entre os presidenciáveis

www.brasil247.com - Ato Fora Bolsonaro
Ato Fora Bolsonaro (Foto: Oliven Rai/Mídia Ninja)


247 - A pesquisa Datafolha, divulgada nesta quinta-feira (23), mostrou que Jair Bolsonaro (PL) segue com o maior percentual de rejeição (55%) entre os presidenciáveis. Ele é mais rejeitado por desempregados (66%), pretos (63%), nordestinos (62%), estudantes (62%), mulheres (61%), católicos (61%), jovens (60%) e os mais pobres (60%).

A rejeição ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é de 35%. Em terceiro lugar apareceu o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 24% de desaprovação, seguido pelo general Santos Cruz (Podemos), com 18%.

Na sequência ficaram Eymael (Democracia Cristã) e Luciano Bivar (União Brasil), com 16% cada. Pedro Maçal, do PROS, Felipe D'Ávila (Novo) e Sofia Manzano (PCB) tiveram 15% cada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As rejeições dos presidenciáveis Simone Tebet (MDB), André Janones (Avante) e Leonardo Péricles (UP) foram de 14% cada. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com a pesquisa, 2% dos eleitores disseram que votariam em qualquer candidato; os que afirmaram não votar em postulante algum somaram 1%, e 2% não souberam responder. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais estatísticas

A pesquisa mostrou que o ex-presidente seria eleito em primeiro turno, com 53% dos votos válidos. Nos votos totais, Lula teria 47%, contra 41% dos seus adversários. No segundo turno, Lula vence Bolsonaro por 57% a 34%.

Foram entrevistados 2.556 eleitores em 181 cidades nos dias 22 e 23 de junho. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A pesquisa, realizada nessa quarta (22) e nesta quinta (23), foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 09088/2022.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email