Dilma assina carta pela democracia: Estado de Direito está "sob grave ameaça e constantes ataques" de Bolsonaro

Ex-presidente, vítima de um golpe em 2016, se juntou aos mais de 700 mil signatários do documento: "assino embaixo em defesa do Estado Democrático de Direito"

www.brasil247.com - Dilma Rousseff
Dilma Rousseff (Foto: ricardo stuckert)


247 - A ex-presidente Dilma Rousseff (PT), vítima de um golpe institucional em 2016, assinou nesta quarta-feira (3) a “Carta aos Brasileiros e Brasileiras em Defesa do Estado Democrático de Direito”, que já reúne mais de 700 mil apoiadores e pode virar uma marcha pela democracia contra o golpismo de Jair Bolsonaro (PL).

Segundo Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, "a decisão da petista de se juntar aos mais de 700 mil signatários do documento se deu diante do momento do país, que considera grave".

"No momento em que a democracia está sob grave ameaça e sob constantes ataques do presidente da República, é hora da sociedade civil se mobilizar em defesa do sistema eleitoral e das urnas. Eu assino embaixo em defesa do Estado Democrático de Direito", afirma Dilma.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email