Diretor-geral da Fundação FHC declara voto em Lula no primeiro turno

“Estamos diante da mais séria ameaça à democracia desde que ela foi reconquistada”, declara o cientista político Sergio Fausto

www.brasil247.com - Cientista político Sergio Fausto
Cientista político Sergio Fausto (Foto: Reprodução / Youtube)


247 - Diretor-geral da Fundação Fernando Henrique Cardoso, o cientista político Sergio Fausto declarou voto no ex-presidente e candidato pelo PT à presidência, Luiz Inácio Lula da Silva, adversário político histórico do PSDB, já no primeiro turno. A Fundação é presidida pelo ex-presidente tucano FHC.

“Estamos diante da mais séria ameaça à democracia desde que ela foi reconquistada quase 40 anos atrás. E da maior crise ambiental da nossa história, que põe em risco a Amazônia e o nosso lugar no mundo”, justifica, segundo reportagem da Folha de S.Paulo.

>> Campanha de Lula vai atrás de apoio de tucanos históricos para vitória no primeiro turno

Para ele, o país precisa de uma “ampla frente de forças políticas para assegurar a democracia, defender o meio ambiente e recuperar o respeito pelo Brasil no sistema internacional”. “Neste momento, Lula se mostra o mais apto para liderá-la”, completa.

Na última segunda-feira (19), a campanha de Lula reuniu 8 ex-candidatos à presidência: Guilherme Boulos (Psol), Luciana Genro (Psol), Cristovam Buarque (Cidadania), Marina Silva (Rede), Fernando Haddad (PT), Henrique Meirelles (União Brasil) e João Vicente Goulart (PCdoB), além do ex-tucano Geraldo Alckmin (PSB), seu candidato a vice.

FHC também foi cortejado para que se somasse à “frente ampla” contra a reeleição de Jair Bolsonaro (PL). Alguns tucanos também já declararam voto em Lula, como os ex-ministros Aloysio Nunes e José Gregori, apesar de oficialmente o partido apoiar a candidatura de Simone Tebet, do MDB.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email