Indicado para o STF, Dino diz que não vai atuar como representante do governo

Ministro afirmou que está disposto a se encontrar com parlamentares da oposição

Flávio Dino
Flávio Dino (Foto: José Cruz/Agência Brasil)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Após visita ao vice-presidente do Senado, Veneziano Vital do Rêgo, o ministro da Justiça, Flávio Dino, disse nesta quarta-feira (29) que vai continuar com a agenda de conversas com os senadores sobre a indicação dele para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele afirmou em coletiva de imprensa que está disposto a se encontrar com parlamentares da oposição para destacar o currículo no Judiciário e reiterou que na, condição de magistrado, não tem lado político.

continua após o anúncio

O senador Weverton (PDT-MA) antecipou relatório favorável à nomeação de Flávio Dino para o STF. Ele prevê uma aprovação do ministro da Justiça para o STF com mais de 20 votos. O parecer será entregue à Comissão de Constituição e Justiça na próxima quarta-feira (6), para que a sabatina ocorra no dia 13. (Com informações da Agência Senado). 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247