Lula após Datafolha: 'o povo quer se livrar deste governo trágico'

De acordo com o ex-presidente, a "enxurrada de fake news do bolsonarismo na internet" não adiantou para mudar a vontade dos eleitores

www.brasil247.com - Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: RICARDO STUCKERT)


247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta quinta-feira (23) que a nova pesquisa Datafolha indicou o desejo do povo brasileiro em se "ver livre" do governo Jair Bolsonaro (PL). 

"Apesar de um mês de propaganda na TV e de uma enxurrada de fake news do bolsonarismo na internet, a nova pesquisa mostra, mais uma vez, que o povo brasileiro quer se ver livre desse governo trágico", escreveu o petista no Twitter. 

De acordo com o levantamento, o ex-presidente seria eleito em primeiro turno, com 53% dos votos válidos. Nos votos totais, Lula teria 47%, contra 41% dos seus adversários.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O petista ganha entre os mais pobres, ou seja, Bolsonaro não conseguiu fazer o Auxílio Brasil se reverter m maior quantidade de votos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Foram entrevistados 2.556 eleitores em 181 cidades nos dias 22 e 23 de junho. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A pesquisa, realizada nessa quarta (22) e nesta quinta (23), foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 09088/2022.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email