Lula confia em “lealdade” de Alckmin, que também promete: “serei um parceiro leal”

Após críticas internas contra a aliança, ex-presidente reforçou em seu discurso deste sábado que a lealdade do ‘companheiro jamais faltará’, “nem a mim nem ao Brasil”

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução/Youtube)


247 - A lealdade foi um tema em comum nos discursos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ex-governador Geraldo Alckmin na manhã deste sábado (7), durante o lançamento da pré-candidatura à presidência. 

A mensagem responde a críticas e incômodos internos, que em parte ‘aceitou’ Alckmin em nome da luta contra o fascismo e parte não ‘engole’ até hoje o prato de lula com chuchu, para usar a expressão do evento.

Para uma ala de petistas, Alckmin é a repetição da escolha de Michel Temer como vice de Dilma Rousseff, protagonista no processo que culminou no golpe de 2016 e tirou do poder a primeira mulher eleita presidenta do Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Tive em Alckmin um adversário leal. E estou feliz por tê-lo agora na condição de aliado, um companheiro cuja lealdade sei que jamais faltará – nem a mim nem ao Brasil”, discursou Lula, transmitindo sua confiança ao público do ato de hoje.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Alckmin, de sua parte, prometeu: “Serei um parceiro leal, seriamente compromissado com o seu propósito de fazer do Brasil um país socialmente mais justo, economicamente mais forte, ambientalmente mais responsável e internacionalmente mais respeitado”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Antes, como Lula, também havia relembrado a condição de adversário: "Quando o presidente Lula me estendeu a mão, eu vi nesse gesto muito mais do que um sinal de reconciliação entre dois adversários históricos. Vi um verdadeiro chamado à razão".

>>> Leia a íntegra do discurso de Lula
>>> Leia a íntegra do discurso de Alckmin

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email