Lula diz que tem "profundo respeito por Alckmin", mas que não busca vice quando ainda nem se lançou candidato

Em coletiva na Europa, ex-presidente ironizou ao dizer que já tem “22 vices e oito ministros da Economia” antes de sair candidato, mas assegurou sobre a relação com o tucano: “não há nada do que aconteceu entre o Alckmin e eu que não possa ser reconciliado”

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - Em coletiva de imprensa concedida no Parlamento Europeu, nesta segunda-feira, 15, o ex-presidente Lula (PT) disse que tem “profundo respeito” pelo ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), mas que não busca vice para sua chapa quando ainda nem se lançou candidato. "Não estou discutindo vice ainda, porque ainda não coloquei minha candidatura", declarou.

“Eu já tenho vinte e dois vices e oito ministros da Economia, quando eu ainda nem decidi ser candidato”, ironizou o ex-presidente. “O vice é uma pessoa que tem que ser levado muito a sério na relação com o presidente, porque ele pode ser presidente. Tem que ser uma pessoa que soma com o presidente e não que diverge do presidente”, declarou.

“Não há nada que tenha acontecido entre eu e o Alckmin que não possa ser reconciliado. Política às vezes é como um jogo de futebol, você dá uma botinada no cara, ele cai chorando de dor, mas depois que acaba o jogo, eles se abraçam e vão tomar uma cerveja e discutir o próximo jogo”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Política é assim. Quando não há ofensa moral e pessoal, nas divergências políticas todo mundo joga bruto, porque todo mundo quer ganhar”, informou. “Quando eu decidir ser candidato, aí sim eu vou sair a campo para escolher um vice”, continuou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email