Maia: Bolsonaro faz "ataque gravíssimo" ao TSE e deve se explicar na Justiça

Presidente da Câmara criticou a declaração sem provas de Jair Bolsonaro de que houve fraude nas eleições presidenciais de 2018. "Bolsonaro consegue superar os delírios e os devaneios de Trump", afirmou

(Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), classificou como "gravíssimas" as declarações de Jair Bolsonaro, de que há fraudes no sistema eletrônico de eleição no Brasil

"A frase do presidente Bolsonaro é um ataque direto e gravíssimo ao TSE e seus juízes. Os partidos políticos deveriam acionar a Justiça para que o presidente se explique. Bolsonaro consegue superar os delírios e os devaneios de Trump", disse Maia pelo Twitter

Durante reunião com apoiadores na saída do Palácio do Alvorada, Jair Bolsonaro também voltou a dizer que houve fraude nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, ratificando a campanha golpista do presidente derrotado Donald Trump.

Ao comentar o episódio dos Estados Unidos, Bolsonaro acusou a Justiça Eleitoral sem provas e deu a senha para o que pode ser um golpe contra as eleições brasileiras de 2022. 

"E aqui no Brasil, se tivermos o voto eletrônico em 22, vai ser a mesma coisa. A fraude existe. A imprensa vai dizer 'sem provas, ele diz que a fraude existe'. Eu não vou responder esses canalhas da imprensa mais. Eu só fui eleito porque tive muito voto em 2018", afirmou. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email