Moro é derrotado e não poderá ser candidato por ter fraudado seu domicílio eleitoral

O PT havia entrado com recurso contra o ex-magistrado por fraude no domicílio eleitoral

www.brasil247.com - Sergio Moro
Sergio Moro (Foto: Lula Marques/Agência PT)


247 - O ex-juiz declarado parcial pelo Supremo Tribunal Federal (STF) Sergio Moro (União Brasil) foi derrotado no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) e não poderá ser candidato nas eleições deste ano pelo estado. 

O deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP) e o diretório do Partido dos Trabalhadores na cidade de São Paulo haviam entrado com um recurso, em maio, contra Sergio Moro. O partido destacou que ele "não possui vínculos com o estado de São Paulo, tampouco, com a cidade".

Moro nasceu no Paraná, mas pediu a transferência em 30 de maio. Ele era cotado para disputar a presidência da República e, após ser rifado do Podemos, começou a estudar a possibilidade da concorrer a uma vaga no Congresso Nacional (deputado federal ou senador). 

 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247