PGR escala três procuradores para acompanhar depoimento de Moro à PF

Após acusações feitas a Jair Bolsonaro pelo ex-ministro Sergio Moro, o ministro do STF Celso de Mello deu cinco dias para que Moro preste depoimento sobre suas declarações

Ex-ministro Sergio Moro 10/12/2019
Ex-ministro Sergio Moro 10/12/2019 (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Procuradoria-Geral da República (PGR) escalou três procuradores para acompanhar o depoimento do ex-ministro Sergio Moro à Polícia Federal, informou a instituição nesta sexta-feira (1).

Os procuradores designados pela PGR são: João Paulo Lordelo Guimarães Tavares, Antonio Morimoto e Hebert Reis Mesquita.

Ao deixar o cargo de ministro da Justiça, Moro fez acusações contra Jair Bolsonaro, o que motivou um pedido de abertura de inquérito ao STF por parte da PGR.

O ministro do Supremo Celso de Mello autorizou o inquérito e deu o prazo de cinco dias para que Moro preste depoimento à PF.

O ex-ministro Moro afirmou que apresentará provas que mostram a tentativa de Jair Bolsonaro de interferir na Polícia Federal. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247