‘Sistema de informação particular’ pode gerar novo inquérito contra Bolsonaro, avalia STF

A informação é da coluna de Guilherme Amado, na Época, que conversou com o ministro do STF Gilmar Mendes, na segunda-feira. "Que tipo de serviço secreto é esse? Essa pergunta tem de ser direcionada ao PGR", afirmou Mendes

Presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto 27/04/2020
Presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto 27/04/2020 (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) avaliam que o ‘sistema de informação particular’ que Jair Bolsonaro disse ter, em reunião ministerial do 22 de abril, divulgada em vídeo pela corte, pode render mais um inquérito no tribunal, segundo coluna de Guilherme Amado, na Época.

Na ocasião ele afirmou: "Sistemas de informações, o meu funciona. O meu particular funciona. Os que tem oficialmente, desinforma (sic). E voltando ao tema, prefiro não ter informação a ser desinformado em cima de informações que eu tenho", ao denunciar a falta de informações divulgadas a ele pela Polícia Federal (PF).

"Que tipo de serviço secreto é esse? Essa pergunta tem de ser direcionada ao PGR", questionou, na última segunda-feira, 26, o ministro do STF Gilmar Mendes em entrevista ao jornalista, ao vivo no Instagram.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247