STF forma maioria e mantém prisão de André do Rap, líder do PCC solto por Marco Aurélio

Seis ministros votaram pela prisão de André do Rap. Após o voto de Dias Toffoli, a sessão foi suspensa

(Foto: Marcello Casal J/Agência Brasil | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria em julgamento desta quarta-feira (14) pela manutenção da prisão do traficante e líder do PCC, André Oliveira Macedo, o André do Rap.

Seis ministros concordaram com o posicionamento do presidente da Corte, ministro Luiz Fux, no sentido da prisão. Após o voto do ministro Dias Toffoli, a sessão foi encerrada. Ela será retomada na quinta-feira (15).

Votaram até o momento os ministros Fux, Toffoli, Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso.

A soltura de André do Rap pelo ministro Marco Aurélio Mello e a posterior revogação da liminar por Fux causou forte desavença no tribunal. Ministros que votaram nesta quarta mandaram um recado direto ao presidente do Supremo, sinalizando que a postura de revogação de decisão de um colega de forma monocrática não agrada o colegiado.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247