Tucano histórico, José Gregori declara voto em Lula no primeiro turno

Ex-ministro de FHC, Gregori diz que "dispensar Bolsonaro é imprescindível"

www.brasil247.com - Ex-ministro José Gregori e o ex-presidente Lula
Ex-ministro José Gregori e o ex-presidente Lula (Foto: Reprodução/Youtube | Ricardo Stuckert)


247 - O ex-ministro de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) José Gregori, de 91 anos, declarou, em comunicado, o seu apoio à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No comunicado, Gregori diz que a recondução do Jair Bolsonaro à Presidência seria “muito negativa”. O ex-ministro disse, ainda, que Lula é o único candidato que tem as ferramentas para reconstruir o Brasil.

“Com os meus 70 anos de vida pública, eu sei que a recondução do atual presidente seria muito negativa, especialmente agora que o Brasil precisa ter um protagonismo eficiente que combata a fome, nos prepare para as pandemias e evite a guerra nuclear. Lula tem sensibilidade para estas questões”, escreveu Gregori. 

Gregori destacou que dentre as várias etapas da política, “a  necessidade de dispensar a participação de Bolsonaro é uma etapa imprescindível”.

>>> FHC pede voto contra Jair Bolsonaro sem citar o nome de Lula

O ex-ministro fez elogios aos demais candidatos, mas reforçou que, infelizmente, as pesquisas apontam que “não são candidaturas viáveis”. “Acho Simone Tebet a revelação desta campanha, Ciro Gomes e Luiz Felipe D’Avila, batalhadores”.

As informações são do jornal O Globo. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email