"Voltaremos a ter orgulho do Brasil aqui e fora", diz Haddad

"Se nós estivermos juntos, ligados, conectados, o governo a partir de 2023 vai repor tudo o que nos tiraram", disse o ex-ministro neste sábado em encontro com movimentos periféricos da capital paulista

Fernando Haddad
Fernando Haddad (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, afirmou neste sábado (25) em encontro com movimentos periféricos da capital paulista que o governo Lula restaurará a imagem do Brasil.

A próxima gestão petista, ainda segunda Haddad, irá "repor tudo o que nos tiraram" os governos Michel Temer e Jair Bolsonaro.

Haddad ainda alertou que o bom desempenho de Lula nas pesquisas eleitorais não podem desmobilizar a esquerda, porque o próximo ano será de "muito trabalho". "Sim, nós vamos ter muito trabalho em 2022. Nós não podemos comemorar resultado de pesquisa eleitoral. Eles vão dar trabalho porque eles não jogam com as nossas armas. As nossas armas são a capacidade de luta e resistência, o diálogo, a fala e as armas deles são a mentira, a ameaça, o desmonte. Nós sabemos que não vai ser um ano fácil para nenhum de nós, mas nós sabemos que temos rumo, meta, compromisso social e vamos saber construir um programa de governo que seja muito mais ambicioso do que nós já fizemos. Se nós estivermos juntos, ligados, conectados, o governo a partir de 2023 vai repor tudo o que nos tiraram e vai nos dar um horizonte de utopia, de fraternidade, de orgulho, de voltar a ter orgulho do Brasil, aqui e fora".

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email