Bolsonaro defende turismo na Amazônia “para mostrar para gringo que aquele trem não pega fogo”

Apesar do negacionismo, a região teve em 2020 o pior setembro desde 2017

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Negando os dados e as informações divulgadas sobres os incêndios e queimadas no Brasil, Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira, 7, que defende estimular o turismo na Amazônia “para mostrar para o gringo que aquele trem não pega fogo”.

A região, porém, teve em 2020 o pior setembro desde 2017, com 32.017 focos de incêndio ativos, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), do Ministério da Ciência e Tecnologia.

O comentário de Bolsonaro foi feito durante cerimônia no Palácio do Planalto de lançamento de um pacote de novas regras para o setor de aviação.

“Com essa nova ação do Ministério da Infraestrutura, o ‘Voo Simples’, vamos facilitar a vida de quem quer, por ventura, ir para lá [Amazônia]. Por que não abrirmos, estimularmos a Amazônia para o turismo, para mostrar para o gringo que aquele trem não pega fogo?”, disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247