Bolsonaro diz a aliados não acreditar na versão de Weintraub sobre tuíte

Para Jair Bolsonaro, Abraham Weintraub não só passou dos limites com o tuíte que o chamava de traidor, como também estaria alimentando blogueiros contra o governo. Segundo auxiliares de Bolsonaro, a impressão é de que Weintraub será demitido

Brasília- DF. 11-12- 2019-   ministro da Educação Abraham Weintraub durante depoimento na comissão de educação da câmara
Brasília- DF. 11-12- 2019- ministro da Educação Abraham Weintraub durante depoimento na comissão de educação da câmara (Foto: Lula Marques)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro disse a aliados não acreditar na versão do seu ministro da Educação, Abraham Weintraub, que nesta quarta-feira (25), após compartilhar tuíte do youtuber Nando Moura chamando Bolsonaro de traidor - e apagado na sequência -, escreveu dizendo que "foi um erro".

A informação é do repórter Igor Gadelha, da revista bolsonarista Crusoé. Para Bolsonaro, o comportamento do ministro passou dos limites. Ele também afirmou saber que Weintraub estaria "alimentando blogueiros contra o governo", escreveu Gadelha. 

Segundo o repórter, auxiliares de Bolsonaro ficaram com a impressão de que Jair Bolsonaro vai demitir Weintraub - especulação que corre nos bastidos de Brasília há algumas semanas -, mas a mudança não deve ocorrer de imediato.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247