Gleisi: Bolsonaro ameaça usar Lei de Segurança Nacional por ato político e Lula é quem radicaliza?

Presidente do PT, Gleisi Hoffmann, reagiu à ameaça de Jair Bolsonaro contra o ex-presidente Lula. "Bolsonaro faz apologia à violência, à tortura, à ditadura militar e agora ameaça Lula com a Lei de Segurança Nacional por ato político. E Lula é quem radicaliza? A inversão dos fatos é ultrajante", escreveu Gleisi pelo Twitter

(Foto: Câmara | PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A deputada Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, reagiu às declarações de Jair Bolsonaro., que ameçou aplicar a Lei de Segurança Nacional contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

"Bolsonaro faz apologia à violência, à tortura, à ditadura militar e agora ameaça Lula com a Lei de Segurança Nacional por ato político. E Lula é quem radicaliza? A inversão dos fatos é ultrajante. A extrema direita vai consolidando suas posições e as instituições se desmoralizando", escreveu Gleisi pelo Twitter. 

Em entrevista ao site O Antagonista, Jair Bolsonaro criticou Lula por ter pedido aos brasileiros que se manifestem como os chilenos. "Temos uma Lei de Segurança Nacional que está aí para ser usada. Alguns acham que os pronunciamentos, as falas desse elemento, que por ora está solto, infringem a lei. Agora, nós acionaremos a Justiça quando tivermos mais do que certeza de que ele está nesse discurso para atingir os seus objetivos", disse Bolsonaro (leia mais no Brasil 247). 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email