José Levi, da AGU, é chamado ao Planalto e pode deixar o cargo

A relação de Levi e Bolsonaro não é boa há alguns meses. O AGU seria o terceiro importante membro do governo a deixar o posto nesta segunda-feira

Jair Bolsonaro e José Levi
Jair Bolsonaro e José Levi (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro-chefe da Advocacia Geral da União, José Levi, foi chamado na tarde desta segunda-feira (29) ao Palácio do Planalto e, segundo Guilherme Amado, da Época, pode também estar de saída.

Levi seria o terceiro membro do primeiro escalão do governo Jair Bolsonaro a deixar a gestão. Na manhã desta segunda-feira, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, entregou pedido de demissão. Mais tarde, o ex-ministro da Defesa Fernando de Azevedo e Silva foi demitido.

A relação de Levi com Bolsonaro não é boa há alguns meses, tendo em vista que o AGU, em algumas ocasiões, se recusa a encampar iniciativas do chefe do Executivo consideradas sem fundamento.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email