Major Olímpio pede prisão preventiva de Lula

No mesmo dia em que Jair Bolsonaro disse que a Lei de Segurança Nacional "está aí para ser usada", em referência ao ex-presidente Lula, o líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), entrou com representação na PGR contra Lula pedindo sua prisão preventiva

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), entrou nesta segunda-feira (11) com representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) pedindo a prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com base na Lei de Segurança Nacional, informa Fausto Macedo no Estado de S.Paulo

"O argumento do senador é que o petista, livre da prisão desde a última sexta-feira (8), incitou a violência contra a ordem pública ao pedir para a militância 'atacar' como manifestantes no Chile", explica o jornalista.

"Na representação, Olímpio pede ao procurador-geral da República, Augusto Aras, para requerer a prisão preventiva de Lula por incitar a subversão da ordem pública e instaurar procedimentos para responsabilização por crimes previstos na Lei de Segurança Nacional e na legislação que tipifica os crimes contra o Estado e a ordem política e social", conta.

Mais cedo, temendo a movimentação do ex-presidente Lula pelo Brasil, Jair Bolsonaro disse que a Lei de Segurança Nacional "está aí para ser usada" contra ele. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247