Ministério da Justiça se recusa a repassar ao MPF cópia de dossiê sobre antifascistas

Em documento encaminhado à Procuradoria da República do Rio Grande do Sul, a pasta informou que o assunto agora é "de responsabilidade direta do ministro, André Mendonça"

André  Mendonça
André Mendonça (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Assim como fez com o Supremo Tribunal Federal (STF), o Ministério da Justiça se recusou a entregar ao Ministério Público Federal (MPF) uma cópia do dossiê sobre grupos antifascistas. 

Em documento encaminhado à Procuradoria da República do Rio Grande do Sul, a pasta informou que o assunto agora é "de responsabilidade direta do ministro, André Mendonça". Por este motivo, só aceitará ser oficiado pelo procurador-geral da República, Augusto Aras. 

O procurador do MPF-RS Enrico Rodrigues de Freitas instaurou o procedimento preparatório de apuração, que pode resultar na abertura de um inquérito, e pediu informações ao Ministério da Justiça. 

Entre os pedidos feitos estava o de encaminhamento de uma cópia do relatório produzido pela Seopi. A pasta se negou a repassar o documento ao MPF. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247