“Não sou coveiro, tá?”, diz Bolsonaro, questionado sobre mortos por coronavírus

Um repórter indagava Jair Bolsonaro em frente ao Palácio da Alvorada no fim desta tarde sobre as mortes por Covid-19 quando ele respondeu: "Ô, cara, quem fala de... Eu não sou coveiro, tá certo?" (vídeo)

Bolsonaro fala com apoiadores em frente ao Palácio do Planalto
Bolsonaro fala com apoiadores em frente ao Palácio do Planalto (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Questionado no fim da tarde desta segunda-feira 20 sobre as mortes de coronavírus no Brasil, Jair Bolsonaro deu sua declaração mais desrespeitosa com as vítimas da pandemia, declarando não ser “coveiro”. 

A pergunta do repórter sequer chegou a ser concluída. “Presidente, hoje tivemos mais de 300 mortes. Quantas mortes o senhor acha que…”, perguntava ele, quando Bolsonaro o interrompeu.

“Ô, cara, quem fala de... Eu não sou coveiro, tá certo?”, rebateu. O jornalista tentou novamente concluir a pergunta, mas Bolsonaro novamente disse: “não sou coveiro, tá?”.

PUBLICIDADE

O número de mortes nas 24 horas que foi citado pelo jornalista acabou sendo corrigido hoje pelo Ministério da Saúde. A informação inicial foi de 383 mortes em um dia, o que seria um recorde para um dia, mas foi corrigida para 113 óbitos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email