Brasília

"Não vamos recuar para fascista. Não me arrependo do que fiz", diz Glauber após bate-boca com membro do MBL

Parlamentar se manifestou nas redes sociais depois de ter expulsado o influenciador direitista Gabriel Costenaro da Câmara dos Deputados nesta terça-feira

Glauber Braga (Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ) se manifestou nas redes sociais após ter se envolvido em uma confusão com o influenciador do MBL Gabriel Costenaro na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (16). Ao justificar suas ações, o parlamentar reafirmou sua postura contra o que descreve como intimidação de "militantes fascistas".

"É a quinta vez que esse sujeito me provoca. Ele tem um histórico de agressão a mulher e, da última vez, no Rio de Janeiro, ele ameaçou a mãe de um militante nosso. Não vamos recuar para militante fascista, nem do MBL, nem de organização nenhuma. Não me arrependo de absolutamente nada do que eu fiz", disse Glauber.

As imagens capturadas pelo fotojornalista Lula Marques mais cedo evidenciaram o momento em que Costenaro dirigiu insultos a Glauber, chamando-o de "burro" e debochando de sua mãe, o que incitou a reação do deputado. Braga, destacando o histórico de Costenaro, incluindo acusações de violência doméstica por uma ex-companheira, tomou a decisão de remover o influenciador do local, empurrando-o até a saída da Câmara.

A situação escalou para um segundo confronto no Departamento de Polícia Legislativa (DEPOL), envolvendo Kim Kataguiri, outro representante do MBL. Os ânimos exaltados obrigaram a intervenção policial para separar os envolvidos e evitar uma escalada maior de violência.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO