Rogério Correia sobre impeachment de Bolsonaro: "boicotou a vacina e não socorreu o povo do Amazonas"

Segundo o deputado federal Rogério Correia, Jair Bolsonaro é um “genocida” porque cometeu “muitos crimes na pandemia”. “Negou a doença, depois apostou na contaminação de rebanho, cometeu charlatanismo com a cloroquina estocada aos milhões, boicotou a vacina e não socorreu o povo do Amazonas”, publicou

Rogério Correia (PT-MG) / Jair Bolsonaro (sem partido).
Rogério Correia (PT-MG) / Jair Bolsonaro (sem partido). (Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Rogério Correia (PT-MG), nas redes sociais, ao anunciar o novo pedido de impeachment feito pela oposição, afirmou que Jair Bolsonaro “negou a doença, depois apostou na contaminação de rebanho, cometeu charlatanismo com a cloroquina estocada aos milhões, boicotou a vacina e não socorreu o povo do Amazonas”.

Esses são os motivos apresentados no pedido de impeachment. Segundo o deputado, uma vez que Bolsonaro cometeu “muitos crimes na pandemia [do novo coronavírus]”, ele é um “genocida”. “Vem aí o 61º pedido de impeachment! Assino e voto SIM”, exclamou.

Os partidos Rede, PSB, PT, PCdoB e PDT anunciaram em nota nesta sexta-feira, 15, que apresentarão um novo pedido de impeachment contra Jair Bolsonaro, desta vez em razão do colapso no sistema de saúde de Manaus, capital do Amazonas. Nesta sexta-feira, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi cobrado por não pautar nenhum dos mais de 60 pedidos de impedimento.

Os casos de coronavírus na região estão em alta e pacientes com Covid-19 e outras enfermidades, até mesmo bebês, ficaram na iminência de não ter cilindros de oxigênio para auxiliar na respiração. Alguns foram a óbito.

As legendas argumentam que Bolsonaro deve ser responsabilizado por deixar a capital sem oxigênio, por falar contra o distanciamento social e o uso de máscaras e também por disseminar informações falsas.

"Considerando a prática de crimes de responsabilidade em série, que resultaram na dor asfixiante do Amazonas e de milhares de famílias brasileiras, nossos partidos - Rede, PSB, PT, PCdoB e PDT - decidiram apresentar novo pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. O presidente da República deve ser política e criminalmente responsabilizado por deixar sem oxigênio o Amazonas, por sabotar pesquisas e campanhas de vacinação, por desincentivar o uso de máscaras e incentivar o uso de medicamentos ineficazes, por difundir desinformação, além de violar o pacto constitucional entre União, Estados e Municípios", diz trecho do texto.

Eles pedem ainda a volta imediata do funcionamento do Congresso Nacional, que está de recesso. "O Brasil está morrendo sufocado por este presidente. Basta! Já passou da hora de o Congresso Nacional, representando a nação, reagir. Defendemos, também, que o Congresso volte a funcionar imediatamente, para aprovar medidas que possam colaborar decisivamente para sanar os graves problemas que vitimam a população do Amazonas e de todo o Brasil".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email