Suposta apoiadora de Baleia, Joice justifica ida a festa de Lira e chama bolsonaristas de "tchutchuca do Centrão"

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL) também disse que torce “para que Arthur Lira seja o Eduardo Cunha de Jair Bolsonaro, paute o impeachment para que a Câmara corrija o erro que cometemos em 2018”

Joice Hasselmann e Arthur Lira
Joice Hasselmann e Arthur Lira (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após ser alvo de críticas por ter participado da festa de comemoração da vitória do deputado federal Arthur Lira (PP), a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) chamou bolsonaristas de “tchutchuca do centrão” nas redes sociais.

Apesar de se dizer oposição a Jair Bolsonaro, Joice foi à festa de vitória do candidato do governo federal à Presidência da Câmara dos Deputados e argumentou que sempre teve “um bom relacionamento com a bancada do PP”.

“Sempre tive um bom relacionamento com a bancada do PP que tem mulheres incríveis que fazem parte comigo de um grupo que discute política toda semana. Também tenho uma relação respeitosa com Arthur Lira construída na época em que fui líder de governo e depois do meu partido”, afirmou. 

“Meu grupo do PSL raiz esteve com Baleia Rossi, não vendi meu voto, mas mantive a civilidade na relação aos outros candidatos. Não ataquei ninguém, até porque o país já está de saco cheio de tanta confusão. Pautas importantes serão decididas pela Câmara e precisaremos de todos”, escreveu.

 

“Aliás, esses bolsonaristas – hoje tchutchuca do Centrão – são os mesmos que atacavam o Centrão com unhas e dentes e faziam o discurso fake contra a corrupção. São crápulas, hipócritas, vendidos. E mais: vão patrulhar o raio que o parta!”, postou.

“E mais: torço para que Arthur Lira seja o Eduardo Cunha de Jair Bolsonaro, paute o impeachment para que a Câmara corrija o erro que cometemos em 2018. Não demorará nada para que Bolsonaro tente tratorar o novo presidente da Câmara, que não é de se matar com a unha. E aí….”, completou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email